Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Ómicron foi detetada nos Países Baixos antes dos voos da África

30 nov, 2021 - 11:40 • Olímpia Mairos com Reuters

A descoberta da nova variante está gerar preocupações em todo o mundo. Especialistas temem que possa ser mais resistente às vacinas e prolongar, assim, a pandemia.

A+ / A-

Veja também:


As autoridades holandesas revelaram esta terça-feira que a variante Ómicron foi detetada no país antes mesmo da chegada de dois voos provenientes da África do Sul.

"Encontramos a variante do coronavírus em duas amostras de teste que foram colhidas a 19 de novembro e a 23 de novembro", confirmou o Instituto Nacional de Saúde Pública (RIVM), acrescentando que “ainda não está claro se essas pessoas visitaram o sul da África”.

Ainda de acordo com o RIVM, pelo menos, 14 pessoas oriundas de voos de Joanesburgo e Capetown chegaram ao aeroporto schiphol de Amsterdão no dia 26 de novembro com a nova variante.

A descoberta do Ómicron está a provocar preocupações em todo o mundo temendo-se que a nova variante possa ser mais resistente às vacinas e prolongar, assim, a pandemia por mais quase dois anos.

Até ao momento, cerca de 61 dos mais de 600 passageiros que chegaram aos Países Baixos vindos de voos da África do Sul deram positivo e encontram-se em quarentena desde a passada sexta-feira.

As autoridades holandesas estão a tentar contactar para testar os mais de cinco mil passageiros que viajaram nos últimos dias desde a África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Moçambique, Namíbia ou Zimbábue.

Nos Países Baixos, as medidas mais duras contra a Covid-19 entraram em vigor no domingo e visam reduzir as taxas diárias recordes de infeção, de mais de 20 mil, e aliviar a pressão sobre os hospitais.

A diretora do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças revelou, esta terça-feira, que foram confirmados 42 casos de infeção com a variante Ómicron em dez países da União Europeia.

Em conferência online, Andrea Ammon, afirmou que estão em análise outros seis casos "prováveis", revelando que os casos confirmados são em grupos jovens e que apresentam sintomas leves ou sem sintomas.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+