Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Sibéria. Acidente em mina de carvão faz 11 mortos e há 48 desaparecidos

25 nov, 2021 - 09:07 • Olímpia Mairos com agências

As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. Nesta altura, as operações de resgate foram interrompidas devido à ameaça de explosão.

A+ / A-

Pelo menos 11 pessoas morreram e 48 estão desaparecidas depois de um incêndio ter deflagrado na quinta-feira numa mina de carvão na região de Kemerovo, na Sibéria, na Rússia.

Segundo a agência de notícias russa TASS, que cita um elemento das equipas de socorro, o pó do carvão incendiou-se e o fumo encheu rapidamente a mina Litsvyazhnaya através do sistema de ventilação.

Um total de 285 pessoas encontrava-se na mina na altura do incidente, 239 foram retiradas e 46 mineiros encontram-se ainda presos no subsolo, disse o governador de Kemerovo, Sergei Tsivilyov, através da aplicação de mensagens Telegram, segundo a agência noticiosa norte-americana Associated Press.

“Quarenta e três pessoas foram hospitalizadas com ferimentos, quatro delas em estado grave”, adiantou Tsivilyov.

O governo indicou ainda que 19 equipas de socorro participam nos esforços para resgatar os restantes mineiros.

As autoridades de Kemerovo referiram que o incidente ocorreu às 20h51 (1h51 em Lisboa), a 250 metros de profundidade.

O Comité de Investigação da Rússia lançou um inquérito sob acusação de violação das normas de segurança que resultaram em mortes.

A mina, que começou a operar em 1956, registou um acidente em outubro de 2004, quando uma explosão de metano matou 13 pessoas. Em 1981, outra explosão matou mais cinco trabalhadores, segundo a imprensa russa.

O acidente mais mortal dos últimos anos provocou 91 mortos e mais de 100 feridos em maio de 2010, na mina Raspadskaya, também na região de Kemerovo.

Os acidentes em minas na Rússia, como em outras partes da ex-União Soviética, são frequentemente relacionados com a falta de respeito pelas normas de segurança, má gestão ou deterioração das instalações.


[notícia atualizada às 11h30]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+