Tempo
|
A+ / A-

Músico sírio Omar Souleyman libertado durante a noite

20 nov, 2021 - 00:08 • Lusa

Omar Souleyman, que vive há vários anos na Turquia, foi detido na cidade de Sanliurfa, a 50 quilómetros da fronteira com a Síria.

A+ / A-

O músico sírio Omar Souleyman, cuja libertação estava anunciada para esta sexta-feira, no sudeste da Turquia, e, posteriormente, dada como adiada, acabou por ser libertado durante a noite.

O cantor, que ganhou notoriedade internacional ao misturar música tradicional síria e 'electro', foi detido na quarta-feira pela polícia turca por ser suspeito de apoiar uma organização terrorista curda, foi libertado pelas autoridades às 19h30 de Portugal continental.

Omar Souleyman, que vive há vários anos na Turquia, foi detido na cidade de Sanliurfa, a 50 quilómetros da fronteira com a Síria.

A estrela do 'electro-folk' sírio é acusada de "ser membro da organização terrorista PKK/YPG", de acordo com o jornal pró-governo Yeni Safak e a agência de notícias DHA.

Não ficou imediatamente claro se foi feita alguma acusação contra o cantor.

Ancara considera as Unidades de Proteção do Povo (YPG), principal milícia curda na Síria, uma fação do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), classificado como "terrorista" pela Turquia, União Europeia (UE) e Estados Unidos da América (EUA).

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+