Tempo
|
A+ / A-

Ferro Rodrigues enaltece importância da sessão anual da NATO no "diálogo internacional"

09 out, 2021 - 21:34 • Lusa

A 67.ª Assembleia Parlamentar da NATO começou na sexta-feira e decorre até segunda-feira, em Lisboa.

A+ / A-

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, enalteceu este sábado o "papel e importância" da realização da Assembleia Parlamentar da NATO, cuja 67.ª edição decorre até segunda-feira em Lisboa, na construção do diálogo internacional.

De acordo com uma nota divulgada pelo gabinete do presidente do parlamento, Ferro Rodrigues "defendeu esta tarde o papel e a importância da Assembleia Parlamentar da NATO no diálogo internacional". .

As palavras do presidente da Assembleia da República foram proferidas durante a abertura do concerto oferecido pelo parlamento de Portugal aos elementos da assembleia da aliança, no antigo Museu dos Coches.

Ferro Rodrigues, citado no comunicado, considerou que a música é um dos "principais instrumentos de mediação" para alcançar "a paz entre povos e culturas diferentes", que, por vezes, estão "em conflito".

Durante o discurso, o presidente do parlamento aproveitou para recordar José Lello, antigo deputado socialista que morreu em 2016, uma pessoa que "gostava particularmente de música".

"Onde quer que esteja, estará certamente orgulhoso da sua Assembleia da República acolher por estes dias uma importante Sessão Anual da Assembleia Parlamentar da NATO, a que tanto se dedicou e a que presidiu entre 2006 e 2008", completou.

A 67.ª Assembleia Parlamentar da NATO começou na sexta-feira e decorre até segunda-feira, em Lisboa. A sessão anual vai contar durante quatro dias com a presença de elementos do Governo português, representantes oficiais da NATO, especialistas em assuntos de defesa, legisladores dos 30 Estados-membros da NATO e representantes de países terceiros da aliança, e órgãos parlamentares.

De acordo com o programa oficial, entre os temas em cima da mesa estarão a agenda NATO 2030 e a revisão do Conceito Estratégico, "as lições retiradas do envolvimento da NATO no Afeganistão", a Rússia e China, a evolução da situação no Médio Oriente e no Norte de África, alterações climáticas e até "a resiliência democrática e a desinformação" ou a pandemia.

A reunião plenária de segunda-feira contará com intervenções do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, do primeiro-ministro, António Costa, da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos da América, Nancy Pelosi, do subsecretário-geral das Nações Unidas, Jean-Pierre Renaud Lacroix (em representação do secretário-geral, António Guterres), e do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, entre outras.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+