Tempo
|
A+ / A-

Catalunha

Detenção de Puigdemont. "Não houve qualquer participação do governo italiano", garante Mário Draghi

29 set, 2021 - 23:40 • Lusa

Independentista catalão foi detido na Sardenha, na passada quinta-feira e libertado no dia seguinte.

A+ / A-

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, afirmou hoje que "não houve qualquer participação do governo italiano" nem "nenhuma comunicação com o governo espanhol" relacionada com a detenção do ex-presidente catalão Carles Puigdemont.

"Não houve qualquer participação do governo italiano, nenhuma comunicação com o governo espanhol, pelo menos que eu saiba", disse Draghi durante uma conferência de imprensa, depois de acabado a reunião do Conselho de Ministros.

Puigdemont foi detido na Sardenha, na passada quinta-feira e libertado no dia seguinte.

O primeiro-ministro italiano assegurou que a detenção foi uma "operação da polícia e da Justiça, não do governo", realçando que o líder independentista foi detido à sua chegada ao aeroporto de Alguer porque dá uma ordem do Tribunal Supremo de Espanha.

Puigdemont foi detido no aeroporto de Alguer e transferido para a prisão de Bancali na cidade de Sassari, de onde saiu na sexta-feira, quando um tribunal de recurso decidiu que não lhe iria aplicar medidas cautelares de qualquer tipo nem restringir os movimentos.

Puigdemont já assegurou que vai regressar à ilha em 4 de outubro, para comparecer na audiência em que se vai analisar se existem condições para a sua extradição para Espanha, se bem que fontes italianas próximas do caso tenham explicado que se não estiver presente fisicamente no território italiano, o tribunal determinará que "não há razões para agir" e terminará o procedimento judicial.

O ex-presidente catalão tinha-se deslocado de Bruxelas à ilha da Sardenha para participar em um evento de folclore catalão, organizado pela Adifolk, cujo objetivo é promover a cultura catalã, tendo regressão a Bruxelas na segunda-feira para retomar a atividade como eurodeputado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+