Tempo
|
A+ / A-

ÍNDICE DE SEGURANÇA

Copenhaga eleita cidade mais segura do mundo, em ano de estreia portuguesa

23 set, 2021 - 10:16 • Joana Gonçalves

O índice de segurança desenvolvido pela Unidade de Informação da revista britânica The Economist revela as 60 cidades mais seguras para se viver em 2021.

A+ / A-

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura em 2021, na quarta edição do índice de segurança da revista britânica The Economist. Com 82.4 pontos a cidade dinamarquesa alcança pela primeira vez o topo da lista, em ano de estreia para Portugal.

Lisboa ocupa a 28.º posição, com 70.1 pontos, à frente de cidades como Roma, em Itália, Buenos Aires, na Argentina, e Bogotá, na Colômbia.

O índice de segurança classifica 60 destinos internacionais em 76 indicadores, que se dividem em cinco categorias principais: segurança digital, na saúde, de infraestruturas, pessoal e ambiental.

Nas cinco categorias, a capital portuguesa destacou-se na segurança pessoal, alcançando o nono lugar, e obteve o pior resultado no nível da segurança de saúde.

Relativamente à segurança digital, que considera o acesso à internet, privacidade e segurança cibernética, Sydney, Singapura, Copenhaga, Los Angeles e San Francisco lideram o ranking.

Quanto à segurança das infraestruturas, que abrange transportes, gestão de acidentes, abastecimento da água e redes de energia, lideram as cidades de Hong Kong, Singapura, Copenhaga, Toronto e Tóquio.

Copenhaga, Amesterdão, Frankfurt, Estocolmo e Bruxelas ocupam as posições cimeiras no capítulo da segurança pessoal, referente às criminalidade, ao sistema judiciário, corrupção e o terrorismo.

No que à segurança de saúde diz respeito, destaca-se Tóquio, Singapura, Hong Kong, Melbourne e Osaka, com melhor pontuação no acesso à saúde, infraestruturas de saúde mental, resposta à pandemia e muito mais.

Já na segurança ambiental, que avalia a qualidade do ar, energias renováveis e gestão de resíduos, lideram Wellington, Toronto, Washington Dc, Bogotá e Milão.

Pode consultar a lista completa aqui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+