Tempo
|
A+ / A-

Detida mulher que provocou queda grave na Volta a França

01 jul, 2021 - 07:33 • Redação

De acordo com a imprensa francesa, foi a própria que se entregou às autoridades por já não aguentar a pressão mediática. Pode enfrentar uma multa de até 1.500 euros.

A+ / A-

Foi detida a mulher que, no último sábado, provocou uma das quedas mais aparatosas da história da Volta a França. A espectadora foi identificada e detida em Landerneau.

A mulher colocou-se no caminho dos ciclistas com um cartaz, perto do cume da colina Saint-Rivoal, em Saint-Cadou, na tentativa de aparecer nas câmaras, e fez com que dezenas de atletas caíssem e muitos sofressem ferimentos. Desde então, as autoridades francesas procuravam a espetadora.

A queda coletiva levou ao abandono imediato do alemão Jasha Sütterlin (DSM) e a vários ferimentos dos atletas envolvidos.

De acordo com a imprensa francesa, foi a própria que se entregou às autoridades por já não aguentar a pressão mediática.

A mulher, alegadamente alemã, arrisca-se agora a uma multa de até 1.500 euros, mas o valor pode aumentar se os envolvidos quiserem processá-la individualmente. Ao todo, são mais de 50 os prejudicados.

A organização da Volta a França chegou mesmo a apresentar uma queixa contra a mulher e, no domingo, foi anunciada a abertura de uma investigação criminal por "lesões involuntárias com uma incapacidade inferior a três meses, por manifesta violação deliberada de uma obrigação de segurança ou prudência".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+