Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Covid-19. França vai multar reuniões com mais de seis pessoas na rua

24 mar, 2021 - 22:35 • Lusa

Governo apresentou, ainda, um novo decreto que prevê a possibilidade de que as pessoas positivas à Covid-19 que cheguem aos aeroportos parisienses fiquem automaticamente em isolamento.

A+ / A-

Veja também:


Com a aceleração da epidemia em França, o ministro do Interior pediu às forças da ordem para começarem a multar reuniões com mais de seis pessoas no exterior e mais três regiões devem ter novas medidas de confinamento a partir de quinta-feira.

Com o aumento do número de contaminações e entradas nos hospitais, o ministro do Interior, Gerald Darmanin, pediu em comunicado enviado aos prefeitos de todas as regiões do país para que as forças da ordem implementem sempre esta medida.

A medida está prevista na lei desde outubro, mas até agora a polícia não tinha aplicado as sanções a reuniões com mais de seis pessoas no exterior de forma rigorosa.

Esta quarta-feira, à saída do Conselho de Ministros, o porta-voz do Governo, Gabriel Attal, disse que mais três regiões se devem juntar aos 16 departamentos já em confinamento nesta quinta-feira. As medidas exatas a adotar nesses territórios vão ser detalhadas quinta-feira pelo primeiro-ministro.

Ainda no Conselho de Ministros, Gerald Darmanin apresentou um novo decreto que prevê a possibilidade de que as pessoas positivas à Covid-19 que cheguem aos aeroportos parisienses fiquem automaticamente em isolamento.

Estão atualmente internadas nos hospitais franceses 26.876 com a covid-19 e desses pacientes, 4.651 estão nos cuidados intensivos, mais 300 pessoas do que na véspera.

Morreram desde terça-feira 248 pessoas devido vírus, elevando assim o total de mortes 93.183.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.735.411 mortos no mundo, resultantes de mais de 124,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+