Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19

Reino Unido. Multas de quase seis mil euros para quem sair do país sem "boa justificação"

23 mar, 2021 - 07:50 • Sofia Freitas Moreira

Novas medidas de combate à pandemia entram em vigor a partir da próxima semana, pela altura da Páscoa, e podem manter-se até ao final de junho no caso de uma nova vaga de infeções na Europa.

A+ / A-

Veja também:


O Reino Unido vai passar multas de cerca de 5.800 euros (5.000 libras), a partir da próxima semana, a quem tentar viajar para fora do país sem uma “boa justificação”, ao abrigo das novas leis de combate à Covid-19 que duram até ao final de junho.

De acordo com a agência Reuters, no Reino Unido, as férias no estrangeiro estão atualmente proibidas ao abrigo da legislação "Stay at Home" (“Fique em casa”), que será substituída pelas novas leis Covid-19 na próxima semana.

O governo de Boris Johnson disse que as férias no estrangeiro poderiam ser novamente permitidas a partir de 17 de maio, na melhor das hipóteses.

No entanto, surgiram novos avisos do primeiro-ministro, na segunda-feira, sobre uma terceira vaga de infeções de Covid-19 na Europa que pode colocar em risco a época alta das férias.

De acordo com o jornal Times, a proibição legal de férias até 30 de junho era por "conveniência legislativa" e não impede a revisão do governo sobre como e quando reiniciar as viagens. A revisão deverá acontecer a 12 de abril, segundo a mesma fonte ao jornal.

No total, morreram no Reino Unido 126.172 pessoas entre 4.301.925 casos de contágio confirmados desde o início da pandemia.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.716.035 mortos no mundo, resultantes de mais de 123 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.784 pessoas dos 817.778 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+