Tempo
|
A+ / A-

​México disponível a dar asilo a Julian Assange

04 jan, 2021 - 16:43 • Redação com agências

“Assange é um jornalista e merece uma oportunidade. Sou favorável a um perdão”, declarou o Presidente mexicano.

A+ / A-

O México está disponível a oferecer asilo político ao cofundador da Wikileaks Julian Assange, anunciou esta segunda-feira o Presidente Lopez Obrador.

“Assange é um jornalista e merece uma oportunidade. Sou favorável a um perdão”, declarou o chefe de Estado mexicano.

“Nós vamos dar-lhe proteção”, adianta Lopez Obrador.

A justiça britânica rejeitou esta segunda-feira o pedido de extradição de Julian Assange para os Estados Unidos, onde é acusado de 18 crimes, incluindo espionagem.

A decisão da juíza Vanessa Baraitser é passível de recurso, num caso em que o fundador do Wikipeaks arrisca uma pena de até 175 anos de prisão.

A magistrada do Tribunal Central Criminal de Inglaterra e País de Gales justificou a decisão com preocupações relativas à saúde mental do australiano e aos riscos de que pudesse cometer suicídio sob custódia dos EUA.

Os advogados de Assange pediram a sua libertação imediata, após 21 meses detido na prisão de Belmarsh, e a juíza irá ouvir os argumentos dentro de 45 minutos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+