Tempo
|
A+ / A-

EUA

Covid-19. Biden e Pence vão ser vacinados na próxima semana em público

17 dez, 2020 - 01:15 • Redação com Reuters

Objetivo é inspirar confiança aos norte-americanos quanto à segurança da vacina da Pfizer/BioNTech que começou a ser administrada nos EUA esta semana, numa altura em que o país contabiliza mais de 300 mil mortos e mais de 16 milhões de casos de infeção.

A+ / A-

O presidente eleito dos Estados Unidos vai receber a primeira dose da vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19, o mais tardar, durante a próxima semana, anunciou esta quarta-feira uma fonte da equipa de transição.

Biden já havia dito que receberia a injeção em público, para inspirar confiança quanto à segurança da vacina.

Com 78 anos, o Presidente eleito dos EUA integra o grupo de risco para o novo coronavírus, precisamente por causa da idade.

Também esta quarta-feira, a Casa Branca revelou que o vice-presidente cessante, Mike Pence e a mulher vão ser imunizados para "aumentar a confiança dos norte-americanos", pode ler-se num comunicado.

Quanto a Donald Trump, de 74 anos, não existe indicação de quando poderá receber a primeira dose da vacina para a Covid-19.

O imunizante da Pfizer/BioNTech entrou em circulação nos Estados Unidos no início desta semana, numa altura em que os números confirmam os EUA como o país mais afetado pela pandemia, com mais de 300 mil vítimas mortais e 16 milhões de infetados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+