Tempo
|
A+ / A-

Pandemia de Covid-19

Reino Unido regista mais 232 mortes por Covid-19 e aumento rápido de infeções em Londres

14 dez, 2020 - 21:07 • Lusa

Governo britânico anuncia mais restrições para Londres a partir de quarta-feira.

A+ / A-

Veja também:


O Reino Unido registou 232 mortes e 20.263 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde britânico, que decretou esta segunda-feira restrições em Londres a partir de quarta-feira devido ao aumento rápido de infeções.

O anúncio significa que cerca de 10,5 milhões de pessoas vão ser afetadas pela subida do nível 2 para o nível 3 e mais elevado do sistema de restrições, que também partes de Essex e Hertfordshire, na periferia da capital.

As novas medidas proíbem o convívio entre agregados diferentes em espaços fechados e restaurantes e bares vão ser obrigados a fechar, exceto para venda para fora.

Matt Hancock disse que uma nova variante do SARS-CoV-2 foi recentemente identificada, que "pode estar associada à disseminação mais rápida no sul da Inglaterra".

Numa declaração no Parlamento, disse que a análise inicial indica que esta variante "está a crescer mais rápido do que as variantes existentes", mas não é mais mortal nem existem indícios de que seja resistente às vacinas contra o coronavírus.

No domingo tinham sido notificadas 144 mortes e 18.447 novos casos.

Atualmente, a média diária dos últimos sete dias é atualmente de 426 mortes e 18.815 infeções.

Desde o início da pandemia Covid-19, o Reino Unido contabilizou oficialmente 64.402 mortes de Covid-19 e 1,869,666 casos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+