Tempo
|
A+ / A-

Última hora

Covid-19. Farmacêutica Moderna anuncia vacina com 94.5% de eficácia

16 nov, 2020 - 12:11 • Sofia Freitas Moreira

A vacina apresenta, assim, melhores resultados do que a da Pfizer, que revelou uma taxa de eficácia de 90%.

A+ / A-

Os testes da vacina para a Covid-19 da farmacêutica norte-americana Moderna revelam uma eficácia de 94,5%, avança a empresa esta segunda-feira. O ensaio clínico envolve mais de 30 mil participantes.

A vacina, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, tem, assim, melhores resultados do que a da Pfizer, que apresentou uma taxa de eficácia de 90%.

De acordo com a CNN, 15 mil voluntários receberam um placebo e, durante vários meses que se seguiram, 90 participantes contraíram Covid-19, 11 deles com formas graves da doença.

Depois, outro grupo de 15 mil voluntários recebeu a vacina e apenas cinco do total de participantes acabaram por ser infetados, com nenhum a apresentar sintomas graves.

A empresa avança ainda que a vacina não suscitou efeitos secundários e que apenas uma pequena percentagem dos voluntários experienciou sintomas ligeiros como dores corporais ou de cabeça.

A vacina da Moderna baseia-se na mesma tecnologia que a da empresa alemã BioNtech, que será comercializada e distribuída pela multinacional Pfizer.

Baseadas na tecnologia do ARN mensageiro, estas vacinas usam uma molécula que transporta instruções para que as células produzam proteínas virais a partir das informações codificadas no material genético que se encontra no núcleo. Estas proteínas ensinam o organismo a lutar contra o vírus, sem contrair uma infeção.

Há uma diferença importante entre estas duas vacinas, consideradas por muitos como os primeiros sinais de esperança numa altura em que o número de infeções por Covid-19 aumenta em larga escala por todo o mundo.

A vacina da BioNtech-Pfizer precisa de ser armazenada a temperaturas extremamente baixas, entre 70 a 75 graus Celsius negativos. Para isso, são necessários frigoríficos ultrafrios - uma tecnologia que não está disponível em todos os países, principalmente nos mais pobres.

A vacina da Moderna, por sua vez, apresenta a vantagem de não precisar de ser armazenada a temperaturas tão baixas.

"É um grande dia para a humanidade". Pfizer anuncia vacina com eficácia superior a 90%
"É um grande dia para a humanidade". Pfizer anuncia vacina com eficácia superior a 90%

Os resultados surgem após a primeira avaliação da fase 3 dos ensaios clínicos. O passo que se segue é o pedido urgente de aprovação à Food and Drug Administration (FDA), a autoridade de saúde dos Estados Unidos. A FDA estabelece três condições para aprovar uma vacina: ser eficaz, segura e capaz de ser produzida em grande escala.

O ensaio decorre nos Estados Unidos em colaboração com o Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, dirigido por Anthony Fauci.

"Este é um momento crucial. Desde o início de janeiro, temos perseguido este vírus com a intenção de proteger o maior número possível de pessoas em todo o mundo. Sempre soubemos que cada dia é importante", referiu a diretora-executiva da farmacêutica, Stéphanie Bancel, segundo um comunicado da empresa.

"Esta análise intercalar positiva do nosso estudo de fase 3 deu-nos a primeira validação clínica de que a nossa vacina pode prevenir a doença por Covid-19, incluindo doença grave", conclui.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • joao eduardo cruz cruz
    17 nov, 2020 Moscavide 18:58
    Isto e um grande negócio para a farmacêutica,que primeiro,meter a vacina no mercado.
  • Ivo Pestana
    16 nov, 2020 Funchal 21:05
    Não acredito! O Trumpismo ainda a .funcionar
  • Cidadao
    16 nov, 2020 Lisboa 12:57
    Ou estamos em maré de sorte, ou estes resultados vêm por aí abaixo quando terminarem os testes. Espero que isto não seja apenas um "truque de marketing" para valorizar ações...

Destaques V+