Tempo
|
A+ / A-

"Hacker" obtém dados do ex-primeiro-ministro da Austrália através do cartão de embarque

17 set, 2020 - 23:53

Tony Abbot postou uma imagem do seu cartão de embarque e uma nota de agradecimento à tripulação do voo. Sem o saber, estava a deixar os dados pessoais disponíveis para o mundo.

A+ / A-

Um "hacker" conseguiu obter os dados pessoais do ex-primeiro-ministro da Austrália Tony Abbott, através de uma imagem de um seu cartão de embarque que o próprio publicou no Instagram.

O pirata informático não tentou aproveitar-se destes dados. Em vez disso, contactou as autoridades para denunciar a falha no sistema da Qantas, a linha aérea da Austrália.

Alex Hope explicou num texto publicado no seu blogue que foi desafiado por um amigo que lhe enviou a imagem depois de ambos terem falado do potencial de se explorar dados como códigos de reserva de voos. O amigo sugeriu que ele tentasse obter informação com base no número impresso no cartão de embarque de Abbott, que estava visível na fotografia.

Hope aceitou o desafio e conseguiu aceder à página da reserva no "site" da Qantas. Acedendo ao código HTML da página, conseguiu encontrar o número de telefone pessoal de Abbot, bem como o número do passaporte e até mensagens sobre o ex-primeiro-ministro trocadas entre o pessoal da companhia aérea.

Quando conseguiu a informação, Hope decidiu denunciar as falhas de segurança e alertou a agência australiana que lida com cibersegurança. Esta agradeceu e a Qantas diz que, mal soube do incidente, corrigiu a vulnerabilidade no seu site, segundo a BBC.

Ainda assim, Hope quis dizer pessoalmente ao ex-primeiro-ministro que tinha conseguido aceder aos seus dados, explicando que não quis ligar diretamente para o número que tinha encontrado. Depois de meses de tentativas, conseguiu contactar um assistente pessoal de Abbot que lhe disse que o gabinete do ex-primeiro-ministro estava a par da situação e agradeceu o cuidado. Foi então que Abbott pediu conselhos ao pirata informático, sobre como poder evitar situações destas.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+