Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Vacina para a Covid-19 vai ser obrigatória e gratuita na Austrália

19 ago, 2020 - 10:20 • Redação com agências

País chegou a acordo com o grupo farmacêutico sueco-britânico AstraZeneca para obter a vacina que está a ser desenvolvida com a Universidade de Oxford.

A+ / A-

Veja também:


“Se vacina de Oxford se mostrar eficaz, iremos fabricar e entregar vacinas imediatamente, sem a ajuda de ninguém, e torná-las gratuitas para os 25 milhões de australianos”. O anunciou feito pelo primeiro-ministro australiano.

Scott Morrison revelou que o país chegou a acordo com o grupo farmacêutico sueco-britânico AstraZeneca para obter a vacina que está a ser desenvolvida com a Universidade de Oxford. “A vacina Oxford é uma das mais avançadas e promissoras do mundo e, com este acordo, garantimos a disponibilidade antecipada para todos os australianos”, afirmou.

A Austrália abre o debate sobre a necessidade de os países tornarem obrigatória a futura vacina contra o novo coronavírus, numa altura em que as infeções voltaram a aumentar e as restrições se multiplicam em todo o mundo. “Haverá sempre exceções por razões médicas, mas essa deve ser a única razão”, defendeu o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, em entrevista à rádio 3AW, sublinhando que, por regra, “a vacinação deverá ser obrigatória”.

Antecipando as críticas aos movimentos antivacinas, Morrison considerou que os riscos são demasiado grandes para permitir que a doença continue a espalhar-se livremente.

“Estamos a falar de uma pandemia que destruiu a economia mundial e causou centenas de milhares de mortes em todo o mundo”, sublinhou.

Até o momento, a Austrália registou 24 mil casos positivos e 450 mortes.

Há cinco vacinas no nível III

A “vacina Oxford” é uma das cinco vacinas atualmente no nível três de testes, ou seja, no penúltimo do processo, sendo que os investigadores esperam ter resultados até ao final do ano.

Nenhuma vacina contra o coronavírus que provoca a Covid-19 se mostrou ainda eficaz em ensaios clínicos, mas já foram encomendadas pelo menos 5,7 mil milhões de doses em todo o mundo.

Cinco vacinas - três de países ocidentais, incluindo a “Oxford” e duas da China - estão na fase três dos testes, estando a ser aplicadas em milhares de pessoas.

A nível mundial, a pandemia provocou pelo menos 774.832 mortos e infetou mais de 21,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+