Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Covid-19. Médio Oriente soma mais de 20 mil mortes e mais de metade foram no Irão

12 jul, 2020 - 16:39 • Lusa

O Irão é o nono país com mais mortes relacionadas com a Covid-19 e o mais afetado na região do Médio Oriente, com 12.829 mortes e 257.303 casos de infeção confirmados.

A+ / A-

Veja também:


A pandemia do novo coronavírus fez, até à data, mais de 20 mil mortes no Médio Oriente, das quais mais de metade no Irão, segundo um balanço realizado pela agência France Presse (AFP), a partir de dados oficiais.

Com um total de 20.005 mortes (entre 907.736 casos diagnosticados), o Médio Oriente continua a ser, no entanto, uma das regiões menos afetadas pela atual crise sanitária, que já matou pelo menos 565.166 pessoas em todo o mundo.

O Irão, país com mais de 80 milhões de habitantes, é o mais afetado da região, com 12.829 mortes e 257.303 casos de infeção confirmados, de acordo com os dados oficiais de Teerão divulgados este domingo.

Em termos mundiais, o Irão é o nono país com mais mortes relacionadas com o novo coronavírus.

Desde o início de maio, a República Islâmica, que anunciou os primeiros casos da doença Covid-19 em fevereiro, tem registado um novo aumento de contágios.

O líder supremo do Irão, o ‘ayatollah’ Ali Khamenei, classificou, este domingo, como "verdadeiramente trágico" o ressurgimento de casos da Covid-19 no país, apelando aos iranianos para cumprirem as regras sanitárias, de forma a conter a propagação do vírus.

"Que cada um cumpra a sua função da melhor maneira possível para quebrar a cadeia de transmissão a curto prazo e salvar o país", disse Ali Khamenei.

Na quinta-feira, as autoridades iranianas anunciaram um novo máximo diário, ao terem registado 221 novos óbitos num período de 24 horas.

O Iraque (com 3.055 mortes, em 75.194 casos), a Arábia Saudita (2.181 mortes, em 229.480 casos), o Iémen (464 mortes, em 1.380 casos) e o Kuwait (386 mortes, em 54.058 casos) são os outros países da região do Médio Oriente mais afetados pela Covid-19.

A média na região é de cerca de 43 mortes por cada um milhão de habitantes, segundo uma contagem da AFP, enquanto a média mundial é de cerca de 70 mortes por cada um milhão de habitantes.

As mortes no Médio Oriente representam, atualmente, cerca de 3,5% das mortes por Covid-19 em todo o mundo, muito atrás da Europa (que representa mais de um terço), dos Estados Unidos e Canadá (25%) e da América Latina e Caraíbas (25%).

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença Covid-19 já provocou mais de 565 mil mortos e infetou mais de 12,74 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço mais recente da agência AFP.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+