Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus. Trump alerta para duas semanas “muito, muito dolorosas”

01 abr, 2020 - 00:37 • Carlos Calaveiras

Líder norte-americano garante ventiladores e testes suficientes para fazer face ao pico de casos que chegará em breve.

A+ / A-

Veja também:


O Presidente dos Estados Unidos alerta que as próximas duas semanas vão ser “muito, muito dolorosas” no país devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus.

“Quero que todos os americanos estejam preparados para os dias difíceis que os esperam. Vamos entrar agora num período de duas semanas muito dolorosas”, disse Donald Trump no briefing diário sobre a Covid-19.

O líder norte-americano, que passou semanas a desvalorizar a pandemia, está agora a alertar os cidadãos para os perigos que se aproximam e, por isso, reafirmou que as regras de isolamento social vão manter-se até 30 de abril.

Trump garantiu ainda que o país tem 10 mil ventiladores guardados para “atacar” o pico.

“Mantivemo-los retidos porque o pico está a chegar e vai chegar em força, por isso quisemos ter os ventiladores prontos para serem usados”, referiu.

“Falei com o governador do Michigan e enviámos imensos ventiladores para o Michigan, para o Louisiana, enviámos ventiladores adicionais para Nova Iorque e Nova Jérsia", referiu.

Quanto à realização de testes, o Presidente referiu que não há falta de testes. “Estamos a fazer mais do que qualquer outro país no mundo, até agora. Estamos a testar e a testar com testes altamente fiáveis”, garantiu. Trump reafirmou que vão passar a usar um teste que dá o resultado em cinco minutos.

Este briefing de Donald Trump surge no dia em que o ex-Presidente Obama deixou críticas à forma como a Casa Branca abordou o problema nas primeiras semanas.

O novo coronavírus já matou mais de 3.800 pessoas nos Estados Unidos (já bem acima dos atentados do 11 de setembro 2001). O número de infetados com a Covid-19 já ultrapassou os 173 mil. Os especialistas admitem 100 a 200 mil mortos no país.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+