Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Mortalidade infantil caiu para metade em 20 anos na UE e em Portugal

09 mar, 2020 - 15:51 • Lusa

Os dados são da Eurostat mostram que é na Roménia que morrem mais crianças. Estónia e Eslovénia estão no extremo oposto da tabela.

A+ / A-

A taxa mortalidade infantil na União Europeia recuou para praticamente metade entre 1998 e 2018, de 6,6 mortes por cada mil nados-vivos para 3,4, e Portugal acompanhou esta tendência, revelam dados publicados esta segunda-feira pelo Eurostat.

Os dados do gabinete oficial de estatísticas da UE indicam que, em 2018, a taxa de mortalidade infantil em Portugal foi de 3,3 óbitos antes do primeiro ano de idade, ligeiramente abaixo da média europeia, contra uma taxa de 6,0 mortes por cada mil nascimentos 20 anos antes.

Nos últimos 10 anos, entre 2008 e 2019, a taxa de mortalidade infantil na UE recuou de 4.2 mortes por 1.000 nascimentos para 3,4, enquanto em Portugal se manteve no mesmo valor (já era de 3,3 há 10 anos).

Em 2018, as taxas de mortalidade infantil mais elevadas na União Europeia foram observadas na Roménia (6,0 mortes por cada milhar de nados-vivos), Bulgária (5,8) e Malta (5,6), e as mais baixas na Estónia (1,6) e Eslovénia (1,7).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+