Tempo
|
A+ / A-

Salário mínimo sobe para 950 euros em Espanha

22 jan, 2020 - 19:02 • Redação

Governo chegou a um acordo com os parceiros sociais. Aumenta entra em vigor imediatamente.

A+ / A-

O novo Governo de Espanha anunciou esta quarta-feira um aumento do salário mínimo de 5,5%. A subida entra imediatamente em vigor.

O salário mínimo em Espanha passa de 900 para 950 euros, um aumento de 50 euros por mês.

A medida foi anunciada pela ministra do Trabalho, Yolanda Diaz. Faz parte de um plano para aproximar a remuneração básica do salário médio em Espanha, que atualmente é de 1.944 euros.

O aumento do salário mínimo é a terceira grande iniciativa do novo Governo de coligação PSOE-Unidas Podemos, depois da subida das pensões e dos salários dos funcionários públicos.

O Podemos tinha defendido para este ano um aumento de 100 euros no salário mínimo, mas o Governo chegou a acordo de 50 com os parceiros sociais, mas com o compromisso de novos aumentos nos próximos anos.

Em termos comparativos, o salário mínimo nacional em Portugal aumentou este ano para 635 euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+