Tempo
|
A+ / A-

Marido da Rainha Isabel II retira-se da vida pública no Outono

04 mai, 2017 - 10:09 • Rui Barros

Comunicado de Buckingham sublinha que a monarca continuará em funções e a cumprir a agenda prevista

A+ / A-
Marido da Rainha Isabel II retira-se da vida pública no Outono
Marido da Rainha Isabel II retira-se da vida pública no Outono

O príncipe Philip, marido da Rainha Isabel II, vai abandonar a vida pública e todas os seus deveres reais no próximo Outono, informou o Palácio de Buckingham, esta quinta-feira.

“Sua alteza real, o duque de Edimburgo, decidiu que não participará mais em cerimónias públicas a partir do Outono deste ano. Nesta tomada desta decisão, o duque tem todo o apoio da Rainha”, informa um comunicado real.

“O duque não aceitará novos convites para visitas e compromissos, ainda que escolha comparecer em certos eventos públicos de tempo em tempo”, pode ler-se no texto.

Apesar do seu afastamento da vida pública, o marido da rainha Isabel II manterá a ligação aos 780 organismos de que é membro.

No mesmo comunicado, a casa real britânica informa ainda que a rainha continuará em funções e a cumprir a agenda prevista.

O anúncio acontece depois a imprensa reportar uma reunião urgente, convocada para as 10h00 desta quinta-feira, com os funcionários de todas as propriedades reais britânicas.

Com 95 anos, o filho do príncipe André da Grécia e Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg é consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte desde 1952. Ao lado de Isabel II há quase 70 anos, os monarcas têm vindo a passar responsabilidades para o seu filho, príncipe Charles, e para os seus netos, William e Harry.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • joao
    04 mai, 2017 Lisboa 16:23
    Parasitas do pior! Já deviam era ter sido retirados há muito! É inaceitável os contribuintes, gente trabalhadora a quem ninguém paga nada grátis, andarem a pagar impostos para essas "realezas" podres e medíocres terem tudo pago à conta, nunca terem feito nada na vida, a não ser gastos milionários em banquetes, rendas de palácios, castelos, milhares de criados tudo à conta, sem mérito nenhum! Como é possivel isso em pleno sec.XX1?!!?

Destaques V+