Tempo
|
A+ / A-

Flórida. Tiroteio em bar faz 20 mortos e 42 feridos

12 jun, 2016 - 09:57

O atirador foi abatido pela polícia, que está a tratar do caso como um acto de terrorismo interno.

A+ / A-
Florida. Tiroteio em bar faz várias vítimas
Florida. Tiroteio em bar faz várias vítimas

Um tiroteio em Orlando, na Flórida, provocou pelo menos 20 mortos e 42 feridos, avança a polícia norte-americana.

Os disparos aconteceram no interior de um estabelecimento de diversão nocturna.

Em conferência de imprensa, a polícia de Orlando diz que está a tratar o caso como um acto de terrorismo interno.

O atirador foi abatido pela polícia, revela a polícia na rede social Twitter, sem avançar mais pormenores.

De acordo com as primeiras informações avançadas pela imprensa local, cerca de 20 pessoas foram alvejadas, um número foi mais tarde actualizada pela polícia.

Outras fontes adiantaram inicialmente que um homem armado fez vários reféns no interior do bar, que foi cercado pelas forças de segurança.

Na rede social Facebook, os proprietários do estabelecimento pedem a todos que fujam e "continuem a correr".

Foi ouvida uma explosão controlada no exterior do bar, adianta a estação de televisão CNN.

O bar "Pulse", onde aconteceu o ataque, é frequentado pela comunidade homossexual.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 13 jun, 2016 11:50
    Tenho menos pena destas vitimas que das outras da belgica e frança
  • Afonso
    13 jun, 2016 Lisboa 11:00
    Vamos de "condenação" para "lamentação" e vice-versa há longos meses,agora continuem a fazer as manifs contra a "homofobia" e o "racismo" e continuem a fazer de conta que assim se resolve realmente o problema(Trump vai agradecer os votos,e na Europa há quem vá receber mais votos,já que os políticos habituais não querem enfrentar a coisa como deve ser).
  • Joaquim Canas
    13 jun, 2016 USA/EUA 04:28
    Em todos os paises do mundo (incluindo nos EUA e em Portugal), nunca mais alcançaremos uma paz duradoura até obedecermos às escrituras: "Então, se o meu povo, que se chama pelo meu Nome, se humilhar, orar e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e seus erros e curarei a sua terra" (2 Crônicas 7:14).
  • Carlos Martins
    12 jun, 2016 Lousada 16:41
    Mais dois comentários idiotas. Aprendam: se nada têm de útil para dizer calem-se. Os meus sentimentos pela morte trágica que se abateu sobre 50 seres humanos.
  • fr
    12 jun, 2016 Portugal 14:52
    Mais um dia comum nesse país de porcaria.
  • Almocreve
    12 jun, 2016 Lisboa 13:13
    Ah... Grandes Cowboys...!!!
  • Tapados
    12 jun, 2016 Aveiro 11:10
    A América é a terra das oportunidades ! E os Cowboys agora andam muito entusiasmados com o Donald Trump !

Destaques V+