Tempo
|
A+ / A-

Euro 2016

Payet foi o melhor do Euro, dizem as estatísticas

11 jul, 2016 - 13:26

Cristiano Ronaldo ficou em sétimo lugar, Raphael Guerreiro foi 10.º. Griezmann e Bale completam o pódio.

A+ / A-

Dimitri Payet terminou o Euro 2016 no topo do Barómetro do Jogador, o que significa que o francês foi eleito como melhor do Euro 2016, que terminou, este domingo, com vitória de Portugal.

Segundo o Barómetro, que analisa as estatísticas oficiais dos jogadores através de um algoritmo concebido para criar classificações baseadas no rendimento em campo, Cristiano Ronaldo ficou no sétimo lugar. Foi precisamente Payet que lesionou o capitão da Selecção Nacional nos minutos iniciais da final e o impediu de dar o seu contributo contra a França. e Rapahel Guerreiro ficou em 10.º.

Na segunda posição ficou o francês Antoine Griezmann, melhor marcador do Europeu, com seis golos, e o terceiro lugar calhou ao galês Gareth Bale. Toni Kroos (Alemanha, quarto), Kevin De Bruyne (Bélgica, quinto), Eden Hazard (Bélgica, sexto), Mesut Ozil (Alemanha, oitavo) e Paul Pogba (França, nono) são os restantes elementos do "top-10".

Recorde-se que Rui Patrício e Guerreiro foram eleitos melhor guarda-redes e lateral, respectivmente, da competição.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • antonio
    11 jul, 2016 Portugal 18:53
    Um rufia sem sentido de desportivismo. O pior do futebol está neste payet. Um nojo.
  • José Portugal
    11 jul, 2016 Norte 18:33
    Até pode estar tudo certo matematicamente e informaticamente. No entanto era perfeitamente escusado dar tempo de antena a este traste que lesionou (a meu ver de forma intencional, e com a conivência da equipa de arbitragem) o capitão da seleção de Portugal. É sabido que não simpatizo com Cristiano Ronaldo de todo, mas de facto é o melhor jogador português da atualidade nas posições que tem ocupado na seleção; portanto havia que liquidá-lo quanto antes não fosse lá ele marcar um golo contra a "muito poderosa" seleção gaulesa. Assim foi premiado o jogador que o conseguiu "por fora de combate", parabéns por isso, conseguiram o objetivo... no entanto saiu o tiro pela culatra, pois quando saiu o Ronaldo e depois mais à frente entra Eder e é ajustado o esquema de jogo, Portugal começou a jogar francamente melhor! Parabéns sentidos a todos os jogadores e equipa técnica de Portugal (incluindo Cristiano Ronaldo), pois francamente estiveram muito bem em todo o torneio. À RR peço que evite ser populista com estas notícias, pois sabemos que sabe fazer bem melhor!
  • Abel Jose
    11 jul, 2016 Vila Flor 16:46
    Parece impossível mas estava tudo planeado. A lesão do Ronaldo foi intencional, nem cartão amarelo levou quando devia ter sido expulso e agora é agraciado como melhor jogador do torneio. Tudo feito. Não aham que o arbitro foi parcial ? Porque ficou com o cartão amarelo no bolso quando correu para o defesa francês que só viu o primeiro cartao à quarta falta e há quinta correu e quando verificou de quem se tratava ficou com ele no bolso pois teria de expulsa-lo ? Somos pequenos e os grandes não gostam de quem tem valor. O Ronaldo se fosse inglês, francês ou alemão era sempre o melhor, mas como é português até se dão ao luxo de o lesionar.
  • Valério
    11 jul, 2016 Albufeira 15:08
    Este é o conceito de Fair Play da UEFA, este senhor mostrou de forma muito clara qual era a sua principal missão no jogo. A UEFA ao premia-lo em vez de castigar está a passar uma mensagem clara de hipocrisia em relação às mensagem de Fair Play que tando diz apoiar, é lamentável !!!
  • Eu
    11 jul, 2016 Bgç 14:40
    Já agora o sétimo é qual?
  • Carlos Viana
    11 jul, 2016 SANTA MARIA MAIOR(VIANA DO CASTELO) 14:21
    Mais uma vez a UEFA no seu pleno corrupto. O Payet foi premiado por lesionar INTENCIONALMENTE o nosso Ronaldo. Griezmann foi nomeado por ser o mais teatral. Admiro não incluírem como melhor dirigente o Platini, e presidente do ano o Blatter. Eles se pudessem nem a taça nos entregavam.

Destaques V+