Tempo
|
A+ / A-

Aviação

CEO da dona da British e da Iberia interessado na privatização da TAP

27 set, 2023 - 16:17 • Lusa

“Queremos ver as condições da privatização da TAP, porque penso que seria algo interessante para nós”, diz Luis Gallego.

A+ / A-

O presidente executivo do International Airlines Group (IAG), Luis Gallego, expressou esta quarta-feira o interesse da ‘holding’ nas condições da privatização da TAP, considerando que “seria algo interessante” para o grupo.

“Estamos sempre abertos a ter grandes empresas, grandes marcas no nosso portefólio e, para ser honesto, queremos ver as condições da privatização da TAP, porque penso que seria algo interessante para nós”, disse Gallego durante uma intervenção no World Aviation Festival, em Lisboa.

As declarações do CEO do grupo que detém a irlandesa Aer Lingus, a britânica British Airways e as espanholas Iberia, Level e Vueling surgem na véspera da aprovação do decreto-lei para a reprivatização da companhia aérea, que vai detalhar as condições da operação.

O antigo presidente executivo da Iberia e que ocupa o cargo de CEO do IAG desde 2021 assinalou que o grupo foi lançado em 2011 “como uma plataforma de consolidação”.

Hoje, apontou, o IAG é uma ‘holding’ e “não uma companhia aérea”.

Na semana passada, no parlamento, o primeiro-ministro, António Costa, colocou a hipótese, entre diferentes cenários, de se privatizar a totalidade do capital da TAP, apesar de indicar que o montante ainda não foi definido e irá depender do parceiro escolhido.

Na sua intervenção inicial neste debate, António Costa anunciou que o Governo vai aprovar no Conselho de Ministros de quinta-feira o diploma que irá estabelecer o enquadramento do processo de privatização da TAP.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    27 set, 2023 aldeia 17:25
    A TAP vai ser vendida por "tuta e meia".....mas haverá alguém que irá ganhar uns bons milhões........mais uns anos e só falta vender o território deste pobre país.....

Destaques V+