Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Web Summit

Mil investidores no espaço de mil campos de ténis. A Web Summit 2022 em números

02 nov, 2022 - 12:31 • Diogo Camilo

Entre 1 e 4 de novembro, a Altice Arena recebe mais de 75 mil pessoas de 160 países diferentes, incluindo mais de mil oradores e 2 mil startups.

A+ / A-

Mais um ano da maior cimeira tecnológica do mundo, e desta vez a esgotar mais cedo que o habitual. De 1 a 4 de novembro, a Web Summit recebe mais de 71 mil pessoas de 160 países na Altice Arena e na FIL, em Lisboa, num espaço que aumentou desta vez para os 204 mil quilómetros quadrados, o equivalente a mais de mil campos de ténis.

“A escala do evento deste ano é extraordinária. Está na sua capacidade máxima, podemos acolher mais espectadores, oradores, startups e investidores”, indica em comunicado o CEO da Web Summit, Paddy Cosgrave.

Este ano vão estar presentes 2.296 startups e 342 parceiros da cimeira no recinto, originários de 94 países diferentes, incluindo alguns bem conhecidos como a Google ou a Binance.

Além destes, mais de mil oradores vão falar em palestras, mesas redondas ou conferências de imprensa. Entre eles esteve, na noite de abertura, a primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska.

Destacando o seu papel na luta pela igualdade de género, a Web Summit destaca que cerca de 30 mil espectadores (42%) são mulheres, assim como 34% dos oradores e cerca de 400 empresas fundadas por mulheres.

No recinto da Altice Arena e da FIL estarão ainda 1.081 investidores de 60 países diferentes, que representam 30% dos negócios feitos este ano, segundo números da PitchBook.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+