Tempo
|
A+ / A-

PIB aumentou 0,4% no terceiro trimestre

31 out, 2022 - 10:18 • Lusa

Dados são do Instituto Nacional de Estatística.

A+ / A-

O Produto Interno Bruto desacelerou o crescimento para 4,9% no terceiro trimestre face ao mesmo período do ano passado e aumentou 0,4% em cadeia, segundo a estimativa rápida divulgada, esta segunda-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

"O Produto Interno Bruto (PIB), em termos reais, registou uma variação homóloga de 4,9% no terceiro trimestre de 2022 (7,4% no trimestre anterior)", refere avança o INE.

De acordo com o instituto estatístico, "o contributo da procura interna para a variação homóloga do PIB diminuiu no terceiro trimestre, verificando-se uma desaceleração do consumo privado e do investimento".

"O contributo positivo da procura externa líquida para a variação homóloga do PIB também diminuiu, traduzindo a desaceleração das exportações de bens e serviços, em volume, mais intensa que a das importações", acrescenta.

PIB acelera 2,1% na zona euro e 2,4% na UE


Além disso, o PIB acelera 2,1% na zona euro e 2,4% na União Europeia (UE) no terceiro trimestre, de acordo com estimativa publicada pelo gabinete estatístico da UE, o Eurostat.

O PIB ajustado sazonalmente subiu, em comparação com o período homólogo do ano passado, 2,1% na zona euro e 2,4% na UE no terceiro trimestre de 2022. Este crescimento fica, porém, abaixo do registado no trimestre anterior, quando ambas as zonas cresceram 4,3%.

Já na variação em cadeia, no terceiro trimestre de 2022, o PIB ajustado sazonalmente cresceu 0,2% tanto na zona euro como na UE, em comparação com o trimestre anterior, quando a economia tinha acelerado 0,8% na área da moeda única e 0,7% no conjunto da União.

Entre os 11 Estados-membros para os quais existem dados disponíveis para o terceiro trimestre deste ano, Portugal registou a maior subida.

O Eurostat ressalva que estas estimativas preliminares do PIB se baseiam em fontes de dados incompletas e sujeitas a novas revisões.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+