Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Ministro do Ambiente: “Não vai haver nenhum aumento de 40% [da eletricidade] no mês de agosto”

01 ago, 2022 - 21:19 • João Carlos Malta

Duarte Cordeiro afirma que se não fosse a criação do Mecanismo Ibérico o preço da energia ia disparar. A sua criação permitiu uma redução de 18% na fatura da eletricidade.

A+ / A-

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, Duarte Cordeiro, garante que "não vai haver nenhum aumento de 40% no mês de agosto”.

A declaração surge na sequência das afirmações do presidente da Endesa, Nuno Ribeiro da Silva, que, em entrevista ao Negócios e Antena 1, afirmou que a fatura da eletricidade iria aumentar em 40% já no próximo mês.

“A própria Endesa se veio desmentir hoje e dizer que não terá aumentos nos clientes residenciais até ao final do ano”, disse o ministro, esta segunda-feira, em entrevista ao Jornal da Noite, da TVI.

Duarte Cordeiro acrescentou que também a EDP Comercial anunciou que não terá subida de preços.

O governante afirmou ainda que no mercado regulado “não só não vamos ter aumentos, como tivemos uma redução de 2,6%”.

Os clientes que têm de ir ao mercado, segundo Duarte Cordeiro, são uma minoria, e “esses sabem que no contexto de preços atual ainda assim devem comparar os preços entre os diversos comercializadores, e se necessário podem migrar para a tarifa regulada”.

Em relação ao Mecanismo Ibérico, que Ribeiro da Silva da Endesa usou para justificar o aumento do preço da energia, segundo o ministro “permite reduzir o preço face aquilo que seria se não houvesse o mecanismo, uma redução e cerca de 18%”.

O valor, segundo Duarte Cordeiro, foi confirmada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Por isso, Duarte Cordeiro afirma que Portugal está nesta área mais protegida do que a maior parte dos países, a grande generalidade dos consumidores não vai ter aumento, e a maioria dos clientes vai ter redução porque está no mercado regulado.

Duarte Cordeiro acrescentou ainda que os preços de eletricidade estão abaixo dos praticados em Itália e em Espanha, e menor do que a média europeia.

Em relação, à diminuição de consumo de gás imposto pela União Europeia, Duarte Cordeiro afiança que Portugal já reduziu o consumo em 22% desde o inicio do ano, apenas pelo aumento do preço.

Segundo Nuno Ribeiro da Silva, em entrevista à Antena 1 e ao Jornal de Negócios, o mecanismo aplicado a Portugal e Espanha que permite um desconto nos preços do gás natural, e que é utilizado para produção de eletricidade, estaria na origem do aumento dos preços. O problema é que a diferença seria paga pelos consumidores.

O presidente da Endesa diz que a “desagradável surpresa” deve aplicar-se a todos os novos contratos e àqueles que cumpram um ano. Garante ainda que esta subida não é responsabilidade das elétricas, mas uma consequência do "travão ibérico" acordado com Bruxelas na sequência da escalada dos preços por causa da guerra na Ucrânia.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    02 ago, 2022 Lisboa 09:17
    No mês de Agosto não há aumentos ... Nos outros, logo se vê. Melhor é olhar bem para a fatura, compará-la com outras e estudar alternativas de fornecedores.
  • ze
    02 ago, 2022 aldeia 07:03
    Só mesmo neste país!.....40%! logo 40%.....será que esta "gentinha" estão todos loucos? a guerra é desculpa para tudo,antes foi a pandemia,e a trika trazida pelo PS que deu origem á crise,mas quando será que este povo acordará?

Destaques V+