Tempo
|
A+ / A-

Levantar mais de 50 mil euros vai dar alerta no Fisco

15 jul, 2022 - 08:10

Medida esteve para ser implementada até 2020, mas a pandemia atrasou o novo plano de combate à fraude.

A+ / A-

A Autoridade Tributária (AT) vai passar a ser avisada sempre que alguém levante pelo menos 50 mil euros da sua conta bancária.

A implementação da medida, que pretende combater a fraude e a evasão fiscal, estava prevista para 2020, mas foi adiada devido à pandemia, transitando agora para o Plano Estratégico de Combate à Fraude e Evasão Fiscais e Aduaneiras do biénio 2021-2022, avança o Jornal Económico.

Fiscalista ouvidos pelo diário consideram que vai ajudara detetar esquemas de fraude fiscal e de branqueamento de capitais, mas não afastam riscos de desproporcionalidade e violação dos diretos dos contribuintes.

O plano, que organiza todas as prioridades do Fisco, define essa medida de alerta, mas não explica de que forma a comunicação se irá processar entre a instituição financeira e o Estado.

Desde 2019, que a AT já tem acesso aos saldos das contas bancárias de residentes que excedam os 50 mil euros a 31 de dezembro de cada ano. Existem também regras de controlo para depósitos em numerário acima dos dez mil euros, em que os bancos devem proceder à identificação dos depositantes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mario
    27 jul, 2022 lisboa 10:30
    levantamento de 50 mil anual? ou de uma vez?
  • ze
    15 jul, 2022 aldeia 10:14
    Medida esteve para ser implementada até 2020, mas a pandemia atrasou o novo plano de combate à fraude.!........Arranjam sempre desculpas para a corrupção não ser combatida,agora se calhar a desculps será dos incêndios!........

Destaques V+