Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Combustíveis. Portugal é o oitavo país da UE com a gasolina mais cara

07 fev, 2022 - 14:57 • Sandra Afonso , Marta Grosso

Sem impostos, o preço médio praticado em Portugal é mais baixo do que em Espanha, mas, depois dos impostos, a competitividade baixa. As contas são da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

A+ / A-

Portugal é o oitavo país da União Europeia com a gasolina mais cara: 17 cêntimos mais cara que nos restantes países da União Europeia.

Os números são avançados nesta segunda-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), que compara o preço do litro da gasolina 95 simples com a média dos restantes Estados-membros da UE.

Feitas as contas, nos últimos três meses de 2021, o preço subiu 1,7%, face ao trimestre anterior.

Entre outubro e dezembro, os portugueses pagaram mais 17 cêntimos por litro do que a média.

As contas constam do Boletim de Preços de Combustíveis na União Europeia no 4.º trimestre de 2021, divulgado nesta segunda-feira pelo regulador do setor.

Sem impostos, o preço médio da gasolina em Portugal é mais baixo do que em Espanha, mas a carga fiscal aplicada no nosso país (57%) justifica “a menor competitividade dos preços no contexto da Península Ibérica”.

E, na comparação com os preços médios europeus, “os nacionais são mais altos do que a média UE-27”, refere o relatório. Na União Europeia, a carga fiscal média é de 53% e, em Espanha, de 49%.

Por isso, no quatro trimestre do ano passado, Espanha tinha a gasolina 21 cêntimos mais barata.

No gasóleo, Portugal tem o 10.º preço mais elevado do espaço comunitário. No último trimestre de 2021, os portugueses pagaram cerca de 25 cêntimos a mais por litro do que os espanhóis. Sem impostos, os portugueses iriam pagar menos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Correto
    09 fev, 2022 Paços 14:23
    Sim, mas mesmo antes dos impostos, é das mais caras da Europa!

Destaques V+