Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Portugueses fizeram 500 reclamações por dia no Portal da Queixa

07 jan, 2022 - 07:09 • João Carlos Malta

Há oito anos que o número não pára de crescer.

A+ / A-

Os portugueses apresentaram. em média, 500 queixas diárias no ano passado, num total de 173 mil. Os números são avançados pelo Portal da Queixa.

Nos últimos oito anos, os números apresentados por esta plataforma têm crescido sucessivamente. Em relação a 2020, a subida foi de 7%.

O Correio, Transporte e Logística; o Serviços da Administração Pública e Comunicações, a TV e Media foram as três categorias com mais reclamações o ano passado.

O ano de 2021, fica ainda marcado pelo aumento das queixas relativas a burlas online, mais reclamações no setor da saúde e também nos serviços públicos.

O Portal da Queixa é a plataforma online que mais recebe reclamações em Portugal.

"Em 2021, o país manteve o dever geral de confinamento. Os meses de março e abril marcaram o levantamento gradual das medidas de confinamento. Em consequência deste primeiro trimestre - dos maiores períodos passados em casa e da crescente adesão dos consumidores às compras online -, as dificuldades na entrega de milhares de encomendas que circularam pelo país foram sentidas em quase todas as empresas que operam neste sector. Assim, a categoria Correio, Transporte e Logística mantém o primeiro lugar de 2020, tendo sido a mais reclamada pelos portugueses", escreve em comunicado o Portal da Queixa.

A partir da Páscoa, o plano faseado de desconfinamento veio permitir a retoma da maioria das atividades. Com o regresso à normalidade das rotinas, no Portal da Queixa verificou-se um aumento de reclamações em categorias como Desporto, Ginásios e Clubes e Cultura, Lazer e Diversão. A análise efetuada indica que no TOP 5 das categorias com maior variação face a 2020 estão: Internet, Sites e Negócios (uma subida de 46%); Construção, Indústria e Manufactura (41%); Desporto, Ginásios e Clubes (37%); Mobiliário, Decoração e Eletrodomésticos (24%) e Cultura, Lazer e Diversão (19%).

Nas categorias com maior taxa de resolução, ainda segundo o Portal da Queixa. destacaram-se: Água, Eletricidade e Gás; Correio, Transporte e Logística, Hiper e Supermercados, Informática, Tecnologia e Som e Comunicações, TV e Media.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+