Tempo
|
A+ / A-

Aumento de 1% para quem recebe pensão por acidente de trabalho

04 jan, 2022 - 15:46 • Sandra Afonso

Publicada hoje a taxa de atualização anual para aplicar este ano às pensões resultantes de acidentes de trabalho.

A+ / A-

As pensões por incapacidade permanente ou morte devido a acidente de trabalho vão ser atualizadas em 1%, este ano, de acordo com uma portaria publicada esta terça-feira e que procede à atualização anual das pensões de acidentes de trabalho para 2022.

Publicada em Diário da República, a portaria prevê, assim, uma atualização anual de 1% em 2022, tendo como referenciais, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e a inflação, mas sem habitação disponível em 30 de novembro do ano passado.

Em causa estão as pensões por incapacidade permanente e por morte, resultantes de acidente de trabalho, que são atualizadas anualmente. A referência é o crescimento médio real do PIB nos dois últimos anos, terminados no terceiro trimestre do ano anterior ao da atualização.

Outra referência, é a variação média dos últimos 12 meses do Índice de Preços no Consumidor (IPC), sem habitação disponível em dezembro do ano anterior ao da atualização, ou em novembro, se os dados não estiverem disponíveis. Apenas esta semana ficou a saber-se que 2021 fechou com um índice de preços nos 1,3%, acima do aumento agora publicado para as pensões, de 1%.

O diploma recorda que “a média da taxa de crescimento médio anual do PIB nos últimos dois anos terminados no terceiro trimestre de 2021, apurada a partir das contas nacionais trimestrais do INE, foi inferior a 2%, a atualização das pensões de acidente de trabalho para o ano de 2022, corresponde ao valor da variação média do IPC, sem habitação, nos últimos doze meses, disponível em novembro de 2021, que foi de 0,98%”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • M
    04 jan, 2022 Lx 18:01
    Boa tarde, Tenho uma duvida, "As pensões por incapacidade permanente e por morte resultantes de acidente de trabalho são atualizadas, anualmente, nos termos do disposto no artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 142/99, de 30 de abril", onde está publicada a atualização de 2021?
  • EU
    04 jan, 2022 PORTUGAL 17:03
    UM, é apenas UM. Vamos admitir que o BENEFICIÁRIO recebe uma reforma de 600€. Ao ter um AUMENTO de UM%, vai no final do mês receber 6€ , o que equivale dizer 72€ num ano. Vamos então imaginar que o BENEFICIÁRIO é casado e tem 3 filhos, o que totaliza 5 Pessoas. Vamos também imaginar que o BENEFICIÁRIO resolve levar os seus filhos e mulher a um restaurante para um almoço dominical. Pergunto às CEM PERSONALIDADES escritores e amantes da geringonça de esquerda, se os 72€ darão para esta Família almoçar como qualquer família das Vossas. Só pergunto e não PRECISAM de responder.

Destaques V+