Tempo
|
A+ / A-

Governo anuncia recrutamento de 200 trabalhadores para a Autoridade Tributária

07 dez, 2021 - 20:50 • Lusa

A contratação visa reforçar "o combate à fraude, a troca de informações internacionais e o controlo do comércio internacional na área aduaneira", adianta o secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais.

A+ / A-

O secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, anunciou, esta terça-feira, a abertura de um concurso externo para a contratação de 200 trabalhadores para a Autoridade Tributária (AT), o primeiro "na última década".

"Esta semana autorizámos a abertura de um processo de recrutamento externo para 200 trabalhadores para a Autoridade Tributária (AT)", anunciou o secretário de Estado na cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), que decorre hoje no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

Segundo o governante, pretende-se a contratação de "profissionais altamente qualificados para os Serviços Centrais, que visa reforçar essencialmente as áreas de informática, da Unidade de Grandes Contribuintes, do combate à fraude, da troca de informações internacionais e de controlo do comércio internacional na área aduaneira".

"Trata-se do primeiro recrutamento externo para a Autoridade Tributária na última década e deve significar o retomar de um recrutamento regular de quadros altamente especializados para a AT e que importa salvaguardar", vincou António Mendonça Mendes.

O secretário de Estado afirmou ainda que o Governo continuará a "apostar nos novos canais de comunicação com a AT, privilegiando o atendimento telefónico e o atendimento via 'e-balcão' e Portal das Finanças que disponibiliza centenas de serviços eletrónicos".

"Mas, como é evidente, não abdicamos na presença no terreno, através dos serviços locais de Finanças, para os quais vamos continuar a apostar no atendimento por marcação prévia, condição essencial para termos um atendimento mais eficaz preparado e qualificado", acrescentou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+