Tempo
|
A+ / A-

Web Summit

​Do bullying digital ao ritmo das tecnológicas europeias, os primeiros debates no Palco Central

02 nov, 2021 - 11:11 • Cristina Nascimento

Antigo futebolista Thierry Henry foi a voz contra o bullyind digital.

A+ / A-

Thierry Henrry, conhecido antigo jogador de futebol francês, veio ao Palco Central da Web Summit para falar de bullying digital.

O jogador que há uns meses anunciou que ia abandonar as redes sociais até que “as pessoas no poder” criem regras de regulação veio agora dar a cara pela plataforma “Game of Our Lives”, uma plataforma que pretende unir todos os que estão contra o bullying digital.

“Sozinho não sou nada”, disse Henry, apelando a que todos se juntem a este esforço.

O antigo internacional francês considera que é essencial haver forma de saber quem está por detrás das contas que são criadas nas redes sociais e lembrou a particular vulnerabilidade em que as crianças se encontram.

Depois, foi a vez de dois especialistas que trabalham na área do capital de risco tecerem considerações sobre como vai o andamento das tecnológicas europeias.

Reshma Sohoni, da Seedcamp, considerou que a “pandemia foi uma incrível janela de oportunidades para as tecnológicas, foi o melhor tempo”, lamentando, no entanto, todos os problemas de saúde e vítimas da Covid-19.

Resha disse ainda que as “tecnológicas europeias estão cada vez mais globais” e que já não faz sentido fazer uma comparação entre o que se passa nos Estados Unidos e na Europa, dado que o ritmos dos dois lados do oceano está mais próximo.

O seu parceiro neste painel da Web Summit Jan Hammer, da Index Ventures, concorda e, em tom bem-disposto, atia “a Europa não é um museu de história”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+