Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Trabalhadores da Dielmar concentrados frente à empresa

14 out, 2021 - 11:44 • Beatriz Lopes , Olímpia Mairos

A aguardar pela assembleia de credores de dia 26, os trabalhadores pretendem "marcar posição" em defesa da viabilização da empresa de Alcains.

A+ / A-

Os trabalhadores da Dielmar estão concentrados esta quinta-feira, frente à empresa. A aguardar a assembleia de credores de dia 26, pretendem "marcar posição" para garantir a viabilização da empresa de Alcains.

À Renascença, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Têxtis da Beira Baixa diz que esta é uma forma de a empresa não cair em esquecimento e de assegurar os pagamentos dos salários de outubro.

Mas os protestos não vão ficar por aqui, garante Marisa Tavares.

“Se nós virmos que as coisas não estão a levar o caminho certo, iremos mobilizar os trabalhadores para que antes do dia 26 possamos ir a Lisboa, em frente ao Ministério da Economia, fazer uma concentração”, adianta à Renascença.

A dirigente sindical acrescenta que os trabalhadores já estão todos mobilizados e já estão todos convocados para estarem presentes em frente ao tribunal do Fundão, no dia 26, durante o decorrer da assembleia de credores.

Ao longo da próxima reunião também esperam reunir-se com o presidente da Câmara de castelo Branco.

“Estes dias todos, até ao dia 26, é que têm a grande importância, porque é nestes dias que se vai trabalhar a solução de viabilização da empresa”, explica Marisa Tavares.

A empresa Dielmar, com sede em Alcains, concelho de Castelo Branco, e cerca de 300 trabalhadores, pediu a insolvência ao fim de 56 anos de atividade, uma decisão que a administração atribui aos efeitos da pandemia de Covid-19.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    14 out, 2021 Trofa 16:30
    Antes das eleições, era fácil a resolução, e agora...

Destaques V+