Tempo
|
A+ / A-

​Orçamento 2022

Aeroporto internacional da Horta será antecipado

12 out, 2021 - 01:20 • Eunice Lourenço

Rede de radares nos Açores e apoio ao novo Hospital da Madeira incluídos na proposta de Orçamento.

A+ / A-

O Aeroporto da Horta, na Ilha do Faial, Açores, deve ver acelerada a sua certificação como aeroporto internacional. Para isso, o Governo compromete-se a promover a antecipação da ampliação da pista.

Esta é uma das promessas para as regiões autónomas incluídas no Orçamento do Estado para 2022, entregue esta segunda-feira no Parlamento.

“O Governo promove os procedimentos necessários para a viabilização da antecipação da ampliação da pista do aeroporto da Horta, de modo a garantir a sua certificação enquanto aeroporto internacional, de acordo com as normas da Agência Europeia para a Segurança da Aviação”, diz a proposta de OE.

Para os Açores, fica também a promessa de dar continuidade ao projeto de instalação da rede de radares meteorológicos. Uma promessa com base em reivindicações antigas daquela região autónoma e de decisões já de 2010, da Assembleia da República, e de 2013 da Assembleia Legislativa Regional.

Os Açores pretendem ter uma rede de radares meteorológicos, à semelhança do que existe no Continente, que permita prever situações severas num curto período de tempo e avisar atempadamente a Proteção Civil para fenómenos meteorológicos. Um dos radares já está instalado na Ilha Terceira, mas falta instalar os radares das Flores e de São Miguel. O investimento de cerca de seis milhões que será necessário deve ser feito através do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).

No OE para 2022, à semelhança do que há tinha feito no corrente ano, o governo da República volta a assegurar “o apoio financeiro à construção, fiscalização da empreitada e aquisição de equipamento médico e hospitalar do futuro Hospital Central da Madeira, de acordo com a programação financeira e a candidatura aprovada a projeto de interesse comum, em cooperação com os órgãos de governo próprio da Região Autónoma da Madeira”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+