Tempo
|
A+ / A-

Défice inverte tendência e desce 1,6 mil milhões em julho

25 ago, 2021 - 17:54 • Lusa

A "reabertura da atividade económica tem efeito positivo na melhoria do défice", sublinha o Ministério das Finanças.

A+ / A-

O défice das contas públicas caiu em 1.631 milhões de euros (ME) até julho face ao período homólogo, para 6.840 milhões de euros, uma melhoria que reflete a reabertura da atividade económica, avança o Ministério das Finanças.

Segundo o gabinete liderado pelo ministro João Leão, "o défice até julho das Administrações Públicas ascendeu a 6.840 ME em contabilidade pública, representando uma melhoria de 1.631 ME face ao período homólogo".

A "reabertura da atividade económica tem efeito positivo na melhoria do défice", sublinha o Ministério das Finanças no habitual comunicado que antecede a divulgação da execução orçamental pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

De acordo com o Governo, o desagravamento do défice resulta do acréscimo de 8% da receita, explicado por três efeitos: por um lado, a retoma da atividade económica devido ao desconfinamento, por outro, ao efeito base associado ao 2.º trimestre de 2020 e ainda aos efeitos temporários em consequência do diferimento do pagamento de impostos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Adélio Pequenino
    27 ago, 2021 terras da vernária 13:38
    É fácil . Atrasam - se os pagamentos a fornecedores, e outros. Viciam - se as contas das receitas. E assim se transforma um País, em via de branca rota, , num País em franco progresso. E uma questão de ser hábil. Sem dúvidas, estes xuxas são muito hábeis. Jesus Cristo disse: os filhos das trevas são mais astutos que os filhos da luz. E são - o , de facto.

Destaques V+