Tempo
|
A+ / A-

Tribunal

Isabel dos Santos perde a posição na GALP a favor da Sonangol

26 jul, 2021 - 21:41 • Lusa

Em causa está o litígio que opunha a petrolífera estatal angolana à Exem Energy, sociedade detida por Isabel dos Santos.

A+ / A-

A Sonangol foi declarada como única proprietária do investimento Galp, segundo a sentença final do tribunal holandês que arbitrou o litígio que opunha a petrolífera estatal angolana à Exem Energy, sociedade detida por Isabel dos Santos.

A sentença foi dada a conhecer num comunicado divulgado esta segunda-feira pela Sonangol, segundo o qual o tribunal decidiu a favor da petrolífera angolana que será reintegrada como acionista única (100%) da Esperaza Holding BV.

Esta ‘joint venture’, em que a Sonangol detinha 60% das ações e a Exem os restantes 40%, controla 45% da Amorim Energia que, por sua vez, é acionista de referência da Galp.

O litígio dizia respeito à participação dos 40% que a Exem detinha na Esperaza, o veículo através do qual a petrolífera angolana “fez, em 2006, um grande e bem-sucedido investimento” na Galp e que teriam sido “alegadamente cedidos pela Sonangol”, lê-se no comunicado.

Os 40% das ações em disputa da Esperaza têm um valor atual de mercado de cerca de 700 milhões de dólares norte-americanos (593 milhões de euros).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+