Tempo
|
A+ / A-

Medida "só peca por tardia". CGTP aprova salários a 100% para trabalhadores em "lay-off"

17 nov, 2020 - 19:29 • Ana Carrilho

Central sindical vê com bons olhos a proposta do Governo, que também “contribui para o aumento do consumo e do poder aquisitivo dos trabalhadores e das suas famílias, retirando milhares da situação de pobreza”.

A+ / A-

A CGTP vê com bons olhos a intenção do Governo de pagar os salários a 100% a todos os trabalhadores que estão em "lay-off", pelo menos nos primeiros seis meses de 2021.

O jornal "Público" avançou esta terça-feira a notícia de que o Governo já conta com uma despesa extraordinária de 370 milhões de euros para esse efeito.

À Renascença, a secretária-geral da CGTP, Isabel Camarinha, diz que a medida vai ao encontro do que a central sempre pediu desde o início da pandemia de Covid-19, “só peca por tardia”.

Frisando que, oficialmente, o executivo ainda não contactou a central sindical para dar conta dessa decisão, a sindicalista considera que, a concretizar-se, é uma medida "justa".

Além disso, também “contribui para o aumento do consumo e do poder aquisitivo dos trabalhadores e das suas famílias, retirando milhares da situação de pobreza” em que caíram desde o início do surto pandémico. E lembra que “há trabalhadores que estão desde março com cortes salariais”.

O jornal refere que o Governo está a contar com um custo adicional de 60 milhões de euros e o apoio aplicar-se-à seja qual for o regime em que a empresa se encontre: apoio à retoma progressiva, "lay-off" simplificado ou "lay-off" tradicional.

O pagamento dos salários a 100% será independente da quebra de faturação da empresa, mas terá como limite os três salários mínimos, tal como agora.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • EU
    17 nov, 2020 PORTUGAL 21:43
    Há uns tempos atrás, um Cronista da RR dizia, " para os MAIS distraídos ". Na altura eu disse que não sou, nunca estive nem nunca estarei DISTRAÍDO. Como provar o que digo? Vejamos a FOTOGRAFIA que nos é mostrada, em cima, da Senhora Secretária Geral de CGTP. Está com o Punho Cerrado da mão DIREITA no ar, como que a incentivar algo. O CURIOSO é que entre as PONTAS dos dedos e a PALMA da mão está a MANGA do casaco. Como não estou distraído, leva-me a pensar que está a SÉRIO, mas na VERDADE não está, pois há alguma coisa que impede que o punho fique CERRADO de verdade. Este PEQUENO PORMENOR é como aqueles Cantores que nos vendem gato por lebre quando fazem PLAYBACK. Aos Fotógrafos e principalmente para a Senhora Secretária Geral da CGTP aconselho mais ATENÇÃO, nestes PORMENORES. Eu sou assim e jamais mudarei.

Destaques V+