Tempo
|
A+ / A-

​Portugal passa de excedente a défice de 1,1% no primeiro trimestre

24 jun, 2020 - 11:38 • Lusa

Resultado já espelha as consequências da pandemia de covid-19.

A+ / A-

Portugal passa de excedente orçamental no final do ano passado a um défice de 1,1% no primeiro trimestre, avança esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

"O saldo das administrações públicas foi negativo no 1.º trimestre de 2020, atingindo -570,9 milhões de euros (-1,1% do PIB, o que compara com 0,1% no trimestre homólogo)", refere o INE.

Foi registado um aumento da despesa total em termos homólogos, de 4,3%, "superior ao aumento da receita total (1,1%)", um resultado que já espelha as consequências da pandemia de covid-19.

Segundo as Contas Nacionais Trimestrais por Setor Institucional divulgadas esta quarta-feira pelo INE, no ano terminado em março de 2020, o saldo "registou uma diminuição de 0,3 p.p." (pontos percentuais), "passando de um saldo positivo no trimestre anterior para negativo (-0,1% do PIB)".

No Orçamento Suplementar, o Governo inscreveu uma previsão de 6,3% para o défice orçamental até ao final do ano de 2020, devido às medidas tomadas para responder à pandemia de Covid-19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+