Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus

Governo cria contribuição adicional sobre a banca e espera arrecadar 33 milhões

07 jun, 2020 - 16:05 • Lusa

O montante arrecadado será consignado ao Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social, refere o documento.

A+ / A-

Veja também:


O Governo vai criar uma contribuição adicional de solidariedade sobre o setor bancário, esperando conseguir arrecadar uma receita de 33 milhões de euros para resposta à crise.

A medida consta do Programa de Estabilização Económica e Social, publicado em Diário da República no sábado à noite e visa a criação de um adicional de solidariedade sobre o setor bancário, no valor de 0,02 pontos percentuais, “cuja receita é adstrita a contribuir para suportar os custos da resposta pública à atual crise”.

O montante arrecadado – 33 milhões de euros – será consignado ao Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social, refere o documento.

Entre os destinatários desta medida estão, segundo o Executivo, instituições de crédito com sede principal e efetiva da administração situada em território português e filiais, em Portugal, de instituições de crédito que não tenham a sua sede principal e efetiva da administração em território português.

Igualmente sucursais em Portugal de instituições de crédito com sede principal e efetiva fora do território português, refere.

O Programa de Estabilização Económica e Social, aprovado na quinta-feira pelo Conselho de Ministros e publicado no sábado à noite no Diário da República, vigorará este ano para responder à crise provocada pela pandemia da Covid-19.

O Governo vai aprovar na próxima terça-feira, dia 9 de junho, a proposta de revisão do Orçamento do Estado de 2020 relacionada com a Covid-19 que refletirá o Programa de Estabilização Económica e Social.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 397 mil mortos e infetou mais de 6,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.474 pessoas das 34.351 confirmadas como infetadas, e há 20.807 casos recuperados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde, divulgado no sábado.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    07 jun, 2020 Lisboa 18:47
    Essa "contribuição adicional" vai ser paga pelos clientes mediante aumento nas comissões, ou julgam que a Banca dá ponto sem nó?

Destaques V+