Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

​Covid-19: António Costa ouve economistas sobre crise e relançamento da economia

13 abr, 2020 - 20:10 • Lusa

Primeiro-ministro analisa perspetivas para a economia portuguesa em contexto de crise pandémica e como relançar os negócios.

A+ / A-

Veja também:


O primeiro-ministro, António Costa, reúne-se na terça-feira, por videoconferência, com académicos e economistas para recolher contributos sobre a atual situação económica e as medidas para relançar a atividade, no contexto da crise pandémica.

De acordo com uma nota do gabinete de imprensa do chefe do executivo, estas reuniões virtuais “sobre a atual e futura situação económica e financeira e medidas para promover o relançamento da atividade económica” vão ser divididas em dois momentos.

De manhã, com início marcado para as 10h30, decorre a reunião sobre as “perspetivas para a economia portuguesa em contexto de crise pandémica”, na qual estarão representantes de instituições nacionais que elaboram e divulgam projeções macroeconómicas.

Do elenco deste primeiro encontro, segundo a mesma nota, fazem parte Nuno Alves, do Banco de Portugal, Nazaré da Costa Cabral, do Conselho de Finanças Públicas, Carlos Coimbra, do INE, António da Ascensão Costa, do ISEG e João Borges de Assunção, da Universidade Católica Portuguesa.

Da parte da tarde estará em discussão o “relançamento da atividade económica em contexto de crise pandémica”, com um painel com duas dezenas de académicos.

Da Universidade Católica estarão Catarina Reis e Francisca Guedes de Oliveira, enquanto o ISEG estará representado por Luís Catão e António Afonso e o ISCTE por Ricardo Paes Mamede e Alexandra Ferreira Lopes.

Miguel Ferreira e Susana Peralta participam pela Universidade Nova SBE, enquanto Fernando Alexandre e João Cerejeira representam a Universidade do Minho e José Caetano e Miguel Rocha de Sousa a Universidade de Évora.

Já da Universidade do Porto, Costa vai ouvir a opinião de Pedro Gil e Pedro Teixeira, enquanto Pedro Bação e Tiago Sequeira serão as vozes da Universidade de Coimbra.

Neste painel sobre relançamento da economia participam ainda João Amador, do Banco de Portugal, Miguel St. Aubyn, do Conselho Finanças Públicas, Ricardo Reis, da London School of Economics e Miguel Faria e Castro, da Reserva Federal do Banco de St. Louis.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 114 mil mortos e infetou mais de 1,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 535 mortos, mais 31 do que no domingo (+6,2%), e 16.934 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 349 (+2,1%).

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 2 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.

Evolução do coronavírus em Portugal

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+