Tempo
|
A+ / A-

“A internet pode ser um lugar tóxico para as mulheres”, diz Amnistia Internacional

20 nov, 2017 - 07:54

Stress, ataques de pânico e baixa auto-estima são algumas dos efeitos sentidos pelas mulheres inquiridas numa sondagem realizada em oito países, depois de serem confrontadas com abusos online.

A+ / A-

Um novo estudo promovido pela Amnistia Internacional revela que 23% das mulheres já foram assediadas ou vítimas de abuso online ou nas redes sociais. 41% delas afirmam que, pelo menos uma vez, se sentiram ameaçadas.

Os números resultam de uma sondagem internacional realizada em oito países: Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Itália, Nova Zelândia, Polónia, Reino Unido e Suécia.

No total, foram inquiridas 4.000 mulheres entre os 18 e os 55 anos, das quais 911 declararam ter sido visadas com abusos ou assédio online e 688 afirmaram ter passado por tal experiência em redes sociais.

Stress, ataques de pânico, ansiedade e baixa auto-estima são algumas das consequências descritas pelas vítimas, sendo que 76% das mulheres afirmam ter mudado a forma como utilizam as redes sociais.

As conclusões são “alarmantes”, afirma a Amnistia Internacional.

“A internet pode ser um lugar tóxico e medonho para as mulheres. Toda a gente sabe que a misoginia e os abusos estão a crescer nas redes sociais, mas esta sondagem mostra o quão prejudiciais podem ser as consequências das mulheres visadas”, escreve a organização de direitos humanos no comunicado de imprensa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Teresa
    20 nov, 2017 Lisboa 09:50
    A Internet É um lugar tóxico para todos.
  • ALBERTO SOUSA
    20 nov, 2017 PORTUGAL 09:50
    A internet só começará a ser um "local" seguro assim que tiver as mesmas regras de uma praça publica. Ou seja, de fácil identificação e de fácil acesso aos criminosos através de um registo (real e autenticado) de cada utilizador e com a aplicação de leis iguais em todo o mundo para determinados crimes. O futuro passará por aí, só não sei é quantos anos, e quantos danos, passarão entretanto.

Destaques V+