Tempo
|
A+ / A-

"Pobreza e oração foram os segredos da força" do bispo do Porto

19 set, 2017 - 02:09

Elogio foi feito por D. António Taipa na missa de sétimo dia, realizada esta segunda-feira na Sé do Porto.

A+ / A-

Um homem pobre e de oração que se entregou a Deus até ao fim. Foi assim que D. António Taipa recordou o bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, que morreu semana passada vítima de um ataque cardíaco.

O actual administrador diocesano lembrou a mensagem de D. António Francisco dos Santos na missa de sétimo dia, realizada esta segunda-feira na Sé do Porto.

“Deixou-nos um programa e um testemunho de vida em Jesus Cristo, de pastor bom. Deixou uma alegria contagiante, alegria que transparecia do seu rosto e do seu olhar meigo e profundo”, referiu D. António Taipa.

“O D. António era um homem de oração e era um homem dos pobres. Pobreza e oração foram os segredos da sua força. Era um homem profundamente pobre e livre, em relação a tudo e a todos, daquela liberdade dos apaixonados por Jesus e foi por ser livre que deu e se deu todo até ao fim”, salientou o administrador diocesano do Porto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidalia Fernamdes
    21 set, 2017 Senhora da Hora 14:28
    Grande homem, de uma fe inabalável, grande perda para a.igreja, mas Deus sabe a quem chamar para a.Casa do Pai, ficará para sempre no nosso coração. Muita saudade. Grande amigo.

Destaques V+