Tempo
|
A+ / A-

D. António Carrilho fica mais um ano na Madeira

29 jun, 2017 - 20:39

O Papa Francisco decidiu prolongar o ministério do bispo na Madeira apesar de este já ter atingido os 75 anos.

A+ / A-

O bispo do Funchal, D. António Carrilho, anunciou que o Papa Francisco decidiu prolongar o seu ministério na Madeira por mais um ano, segundo a página da diocese.

De acordo com a informação, António Carrilho comunicou esta situação durante a homilia de solenidade de São Pedro e São Paulo, na igreja de São Pedro, no Funchal.

O prelado madeirense, "em espírito de obediência", agradece o "gesto de confiança" do Papa Francisco, assegurando que vai procurar "corresponder com a mesma alegria e simplicidade, entusiasmo e disponibilidade" com que assumiu as missões que lhe foram atribuídas ao longo do tempo.

D. António Carrilho, que completou 75 anos, é bispo da diocese do Funchal desde 2007, tendo apresentado ao Papa a "sua renúncia ao cargo", de acordo com o estipulado no Código de Direito Canónico.

A nota da diocese do Funchal conclui que a decisão do Papa foi comunicada através do núncio apostólico em Portugal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+