Tempo
|
A+ / A-

Aeroporto do Porto eleito o melhor da Europa na sua categoria

06 mar, 2017 - 17:22

Entre 2006 e 2011, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro ficou sempre entre os três melhores no galardão atribuído pela Airports Council International

A+ / A-

O Aeroporto do Porto foi eleito o melhor da Europa na categoria de cinco a 15 milhões de passageiros e o terceiro melhor na categoria de mais de dois milhões de passageiros pelo Airports Council International.

Em comunicado citado pela agência Lusa, a gestora aeroportuária ANA – Aeroportos de Portugal adianta que o galardão surge no âmbito do estudo Airport Service Quality (ASQ), programa líder mundial em "benchmarking" na Avaliação da Satisfação dos Passageiros - 2016 ASQ Awards.

“Foi com orgulho que soubemos que uma vez mais fomos escolhidos pelos nossos passageiros como um dos melhores aeroportos da Europa. Este é o nosso nono prémio nos últimos dez anos e é particularmente importante para nós num momento em que o número de passageiros no Aeroporto do Porto ultrapassou os nove milhões, resultado de um crescimento de 16% face a 2015”, considera o presidente da ANA, Jorge Ponce de Leão.

O presidente acrescenta que estas distinções comprovam ser “correcta” a estratégia que está a ser implementada e que assenta em “medidas que vão no sentido de sensibilizar e mobilizar recursos e prestadores de serviço para a melhoria contínua da qualidade do serviço prestado aos passageiros”.

Segundo dados da ANA, entre 2006 e 2011 o Aeroporto Francisco Sá Carneiro classificou-se consecutivamente nos três primeiros lugares deste estudo, tendo obtido o primeiro lugar em 2007.

O Airports Council International (ACI) é a única associação profissional mundial de operadores de aeroportos, representando mais de 500 aeroportos de 45 países, responsáveis por mais 90% do tráfego aéreo comercial na Europa e pela movimentação de mais de 1,9 mil milhões de passageiros anualmente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Santos
    06 mar, 2017 Lisboa 18:16
    Mais um exemplo do "péssimo" investimento concretizado por esse gastador mor: José Sócrates!!!

Destaques V+