Tempo
|
A+ / A-

Centeno culpa anterior Governo por alegado desvio de três mil milhões na Caixa

06 jul, 2016 - 10:43

Mário Centeno quer "um novo conselho de administração, um novo modelo de governação e um novo plano de negócios", acrescentando que há um desvio de "três mil milhões de euros no plano de negócios".

A+ / A-
CGD. Centeno culpa anterior Governo pelo desvio de três mil milhões
CGD. Centeno culpa anterior Governo pelo desvio de três mil milhões
O ministro das Finanças responsabilizou esta quarta-feira o anterior Governo PSD/CDS-PP pelo "desvio enormíssimo" no plano de negócios da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que ultrapassou os 3.000 milhões de euros.

"Há um desvio enormíssimo no plano de negócios que o Governo anterior geriu com a CGD, que atinge verbas superiores a 3.000 milhões de euros, e que tão diligentemente o Governo anterior acompanhou", acusou Mário Centeno.

O ministro das Finanças respondia a questões colocadas pelo deputado do PSD António Leitão Amaro na Comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, onde está a ser ouvido.

O deputado social-democrata trouxe ao debate a demissão da administração da CGD, liderada por José de Matos, que foi confirmada pelo Ministério das Finanças na terça-feira.

Os gestores demissionários ficam no banco público até serem substituídos por uma nova administração, o que deverá acontecer nos próximos 10 a 12 dias.

"A CGD necessita de tranquilidade. A CGD é um activo importantíssimo para o sistema bancário português, é uma referência para o país, é um pilar da economia portuguesa e do desenvolvimento económico nacional", afirmou Mário Centeno.

Nesse sentido, o governante criticou as "cambalhotas ideológicas" dos partidos que apoiavam o anterior governo, considerando que o "actuar sem fazer nada não é a maneira certa de actuar".

"Nós faremos exactamente o contrário", disse, defendendo que a CGD precisa de um novo Conselho de Administração, "que está em preparação para tomar posse", de um novo modelo de governação e de um novo plano de negócios "que estão a ser preparados".

Durante a discussão, o deputado Leitão Amaro criticou ainda o Governo por aumentar o salário dos trabalhadores da CGD ao mesmo tempo de admitir que a reestruturação do banco público pode implicar a saída de 2.500 trabalhadores.

"No dia em que for publicado o decreto de lei [que permite esse aumento], o PSD apresentará um projeto de apreciação parlamentar para fazer cessar a vigência desse diploma que é inaceitável", disse.

O ministro voltou a considerar que a "saída limpa foi pequena", afirmando que os portugueses sabem "exactamente" o que isso quer dizer: "Já todos percebemos também para debaixo de que tapete foi varrida a limpeza da dita saída".

"Mas os portugueses sabem também que estamos determinados na procura de uma solução que estabilize o sistema financeiro", disse.

[Notícia corrigida às 18h05. A Agência Lusa corrigiu a citação de Mário Centeno, que não disse "negligentemente", mas "diligentemente"]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio
    06 jul, 2016 Lisboa 23:19
    Se existe um desvio negativo durante a aplicação de um plano de negócios e se existe uma equipa designada para a acompanhar e garantir a boa aplicação do plano de negocios mas que não intervém o que isso significa, explique lá isso Mr 00SEVEN que a malta aqui não percebe nada destas coisas...
  • josé Júlio Teigas
    06 jul, 2016 Massamá 17:38
    … ... ISSO É muito Positivo. - É um bom SINAL. É tudo uma questão de Hegemonia… E de Deficit Democrático. … ... Se É - In PORTUGAL -... ~ BBC London. - 06.07.2016 - 14.57h - GMT - Agência Lusa. - In Lisbon - ... ~ É _ Um Bom plano de Negócios... REAL... Y...-... e beneficia de um Desvio COLOSSAL... de 3 Mil Milhões de Euros... ~ É Formidável... Só In PORTUGAL... ~ ... … ~ •. ¸. • '★ ¸. • '. •' ¨) ¸. • ¨) (¸. • '(¸. •' (¸. • ¨ ¯ `* ... …
  • Petervlg
    06 jul, 2016 Trofa 17:38
    Se fossemos como a Islândia estava todos os politicos e gestores bancários presos
  • fanã
    06 jul, 2016 aveiro 17:33
    Engole esta M . Luis !
  • 00SEVEN
    06 jul, 2016 Portugal 17:15
    O que me parece é que ninguém sabe o que é um plano de negócios, incluindo o Presidente da República que acabei de ouvir agora na RR! Um plano de negócios é um guião preparado pelas administrações das empresas com a colaboração de todas as direções para estabelecer os objectivos de negócios para o ano. Mesmo os melhores planos de negócios estão sujeitos a desvios por contingências de natureza endógena ou exógena. Um plano de negócios nada tem a ver com capital e o desvio, em si, não é um buraco financeiro. Pode ter impacto na conta de resultados e o ministro, que parece que também não sabe o que é um "business plan", que diga quanto é que a CGD perdeu! Desvios nos planos de negócios acontecem todos os dias até na "Apple" ou no "Face Book"! Isto não pode ficar por aqui porque fica no ar uma desconfiança que mexe com a idoneidade das pessoas!
  • VICTOR MARQUES
    06 jul, 2016 Matosinhos 17:13
    Neste, já nem a Catarina confia! O Partido dos animais, não se sabe e o silêncio do Jerónimo é sintomático. Para já, convém que seja esta "musica". Entretanto, O Zé anda mais preocupado com a selecção de futebol!...
  • Envie-se
    06 jul, 2016 Lis 17:12
    À PGR para processo de investigação e doa a quem doer!...O banditismo não pode andar à solta! A economia do país não aguenta e os portugueses não podem continuar a ser espoliados e empobrecidos para pagar falcatruas e desmandos desta gente vestida de punhos de renda!
  • Paula
    06 jul, 2016 porto 16:46
    Eu não fui, estava... por aí, mas não fui eu!
  • quim
    06 jul, 2016 sintra 16:43
    quem apoia este governo, só pode ser estupido e ignorante pois quando tivermos cá novamente a troika todos vão estar caladinhos a chorar a um canto
  • PSDs
    06 jul, 2016 Lis 16:34
    Evora espera-vos!...Armados em cordeirinhos estão metidos em todas as falcatruas financeiras começando no BPN e acabando no Banif, agitam os espantalhos de bodes expiatórios, para irem enganando os incautos e aqueles que os apoiam e promovem! A mafia legalizada!

Destaques V+