Tempo
|
A+ / A-

Frade português Bernardo de Vasconcelos mais perto da canonização

14 jun, 2016 - 17:43 • Filipe d'Avillez

Morreu antes de completar 30 anos, vítima de tuberculose vertebral. Foi responsável por muitas conversões, entre as quais a do poeta Teixeira de Pascoaes.

A+ / A-

Foi declarado venerável, esta terça-feira, o frei Bernardo de Vasconcelos, um monge contemplativo português que viveu no início do século XX. Com esta decisão do Papa Francisco, Bernardo de Vasconcelos fica mais próximo de poder ser declarado santo.

O frei André Olim, postulador da sua causa e também monge do mosteiro de Singeverga, destaca a invulgar espiritualidade deste homem que morreu antes de completar 30 anos, vítima de tuberculose vertebral.

“Foi alguém que fez um percurso de vida normal para a época e para os nossos dias, de um jovem que é estudante e procura na vida um ideal, acabando por descobrir a vocação à vida monástica. A partir daí, todo o crescimento da própria fé cristã, das virtudes cristãs, e também um pouco de uma espiritualidade muito mística do sofrimento, uma vez que na sua caminhada monástica recebe, para além de muitos dons, a doença", diz.

A tuberculose vertebral, na altura conhecida como o “Mal de Pott”, não tinha cura, mas o jovem frade encarou o seu sofrimento como "dom de Deus", explica frei André.

“Recebeu-o como dom de Deus e como missão na sua vida breve, vivendo o sofrimento de uma forma calma e tranquila, como um abandono nas mãos de Deus, à vontade de Deus, essa vontade que rezamos tantas vezes no Pai Nosso e que ele soube bem encarnar na sua vida", elabora.

Apesar da sua vida breve, o frei Bernardo de Vasconcelos deixou uma importante herança. “Deixou alguns escritos, os poemas, as cartas e todos eles são de um teor de espiritualidade vivida no concreto e na realidade do dia-a-dia, deixando aos seus amigos, familiares e irmãos de hábito, aos seus colegas do tempo de estudante em Coimbra e a todos aqueles que o ouviam um exemplo de caridade, de heroicidade na fé, de uma grande esperança e de um grande amor a Deus.”

A doença do frei Bernardo impediu-o de ser ordenado sacerdote, mas obrigou-o a viver fora do mosteiro, onde acabou por exercer um ministério junto das populações. Foi responsável por muitas conversões, entre as quais a do poeta Teixeira de Pascoaes.

O frei Bernardo de Vasconcelos nasceu em 1902 e morreu em 1932, a poucos dias de completar 30 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Indignado
    19 jun, 2016 Tomar 15:20
    Um bom exemplo a seguir. Que apele pelos Portugueses junto de Deus, para que saibamos tomar as medidas conducentes a um Portugal menos ateu e abortista e mais amigo da Vida e dos Valores Cristãos.

Destaques V+