Tempo
|
A+ / A-

Melo, a "aldeia-mito”, a “aldeia eterna” de Vergílio Ferreira

28 jan, 2016 - 19:43 • Liliana Carona

A Renascença foi a Melo, freguesia onde nasceu um dos maiores vultos da literatura português do século XX.

A+ / A-
Vergílio Ferreira. Reportagem de Liliana Carona
Vergílio Ferreira. Reportagem de Liliana Carona

O escritor que em criança sonhava ser violinista faria 100 anos esta quinta-feira se fosse vivo. Vergílio Ferreira nasceu no dia 28 de Janeiro de 1916, em Melo, no concelho de Gouveia.

Os habitantes de Melo, a “aldeia-mito”, a “aldeia eterna” de Vergílio, reivindicam um museu ou outro equipamento que lembre o escritor.

Jorge Costa Lopes, investigador especializado na obra do escritor, lamenta que o romance “Aparição” tenha sido retirado do currículo escolar e que os livros de Vergílio Ferreira ainda não tenham tradução em inglês.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Agostinho Lopes da C
    10 fev, 2017 povoa de Varzim 23:42
    Acho bem que se faca homenagem a Vergilio Ferreira sem esquecer o fundador de Melo e Gouveia Dom Soeiro Raimundo de Riba de Vizela.
  • aniceta Cardoso
    29 jan, 2016 Rio Tinto 11:21
    Obrigada Vergilio Ferreira, pela deliciosa Obra que nos deixaste; - "Aparição".
  • rosinda
    28 jan, 2016 palmela 22:39
    ora aqui esta uma noticia interessante sobre virgilio ferreira!Nao sabia que melo era uma aldeia mito ! estou farta de noticias sobre mosquitos desliguei a televisao o capachudo estava sempre a repetir o mesmo.

Destaques V+