Tempo
|
A+ / A-

Camarões. Exército liberta 900 reféns do Boko Haram

02 dez, 2015 - 12:51

Três pessoas morreram num atentado no norte dos Camarões na madrugada de terça para quarta-feira.

A+ / A-

O exército dos Camarões, ajudado por uma força de segurança regional anti-Boko Haram, matou esta quarta-feira pelo menos 100 militantes do grupo extremista e libertou 900 pessoas que estavam reféns dos fundamentalistas islâmicos.

As informações foram avançadas pelo Ministério da Defesa camaronês, citado na agência Reuters. Os números foram também citados na televisão pública dos Camarões.

Durante a madrugada foram detonadas no norte do país duas bombas suicidas por alegados membros do Boko Haram, segundo fontes oficiais camaronesas. Três pessoas morreram.

Este tipo de atentados suicidas é frequentemente desempenhado por mulheres jovens recrutadas pelos extremistas islâmicos do Boko Haram na Nigéria, e estão a tornar-se um fenómeno quase diário.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • GRANDEBESTA
    02 dez, 2015 rqtparta 16:56
    Este porco selvagem já fez tantas barbaridades e não há maneira de se acabar com este reles. Como é possível haver tanta estupidez em seres humanos e em 20015?

Destaques V+