Tempo
|
A+ / A-

Jornadas Mundiais da Juventude esperam mais de dois milhões de jovens

26 nov, 2015 - 00:37

Confirmados já estão sete mil portugueses.

A+ / A-

Cerca de dois milhões e meio de jovens deverão participar nas Jornadas Mundiais da Juventude, que decorrem em Cracóvia, de 26 a 31 de Julho do próximo ano.

Apesar da insegurança que assola a Europa, esta é a expectativa do Turismo da Polónia, que esta quarta-feira fez uma apresentação pública na Universidade Católica.

Mais de 480 mil peregrinos já se registaram e compraram os pacotes que incluem transporte local, alojamento, comida e seguro de saúde. Entre eles há sete mil portugueses.

Não é a primeira vez que a Polónia organiza as Jornadas Mundiais da Juventude, instituídas pelo Papa polaco João Paulo II mas o facto de decorrerem na sua cidade e contaram com o Papa Francisco, torna-as especiais, admite a directora de Turismo da Polónia para a Península Ibérica, Agata Witoslawka.

Cracóvia é uma cidade histórica, a mais visitada pelos polacos e pelos estrangeiros que vão à Polónia. Mas uma concentração tão grande exige medidas especiais de segurança, sobretudo nestes tempos de maior insegurança na Europa.

A responsável do Turismo considera que o risco não é tão grande porque a Polónia não tem o mesmo peso politico que a França, Alemanha ou Grã-Bretanha. Mas garante que as autoridades estão a tomar as medidas necessárias.

A organização das Jornadas Mundiais da Juventude precisa de três mil voluntários e espera que alguns cheguem também de Portugal. As inscrições podem ser feitas online.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+