A+ / A-

Incêndio de Vila de Rei e Mação dominado ao fim de quatro dias de combate

23 jul, 2019 - 13:03 • Cristina Nascimento

Proteção Civil adverte que "é natural que durante a tarde desta terça-feira se verifiquem alguns reacendimentos".

A+ / A-

O incêndio de Mação está dominado. A informação foi avançada esta terça-feira pela Proteção Civil na conferência de imprensa realizada pelas 13h00, no posto de comando instalado na Escola Secundária da Sertã.

"Todo o perímetro do incêndio está dominado e entrou em resolução", disse aos jornalistas Luís Belo Costa, comandante operacional de Agrupamento Distrital do Centro Sul (CADIS).

"A grande dificuldade do combate às chamas esteve relacionada com a orografia do terreno", acrescentou.

Ainda assim, o comandante advertiu que "é natural que durante a tarde se verifique alguns reacendimentos durante a tarde".

No teatro de operações mantêm-se 1.085 operacionais, apoiados por 328 viaturas e cinco meios aéreos.

Na mesma conferência de imprensa, o INEM fez também um novo balanço sobre as ocorrências registadas. De acordo com o serviço de urgência médica, desde o início deste incêndio foram assistidas 41 pessoas, das quais 17 feridos, um deles com gravidade e 16 ligeiros.

O ferido grave está internado no Hospital de São José, em Lisboa, e o seu estado de saúde está "a evoluir favoravelmente".

Agora que os incêndios nos distritos de Castelo Branco e Santarém estão dados como dominados, o ministro da Administração Interna prepara-se para visitar os vários concelhos afetados, e os postos de comando operacional que foram sendo instalados desde sábado.

Eduardo Cabrita vai estar a partir das 15h00 tarde na zona Industrial de Cardigos, onde está montado um desses postos de comando, e vai passar também por Vila de Rei e pela Sertã.

O ministro da Administração Interna acompanhou à distância o combate aos incêndios, cumprindo dessa forma a recomendação dos vários relatórios sobre os incêndios de 2017, que dizem que a presença de políticos no local pode ser um fator de distração.

[notícia atualizada às 14h44]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.